Os melhores momentos da entrevista de Washington Olivetto à Mariana Godoy

Por: Matheus Ferreira

Na última sexta-feira, dia 12, Washington Olivetto , um dos publicitários mais notáveis do cenário brasileiro esteve no programa Mariana Godoy Entrevista.

Durante os cerca de 50 minutos de programa, Olivetto, que já é conhecido por bordões inesquecíveis, nos presenteou com uma análise simples e clara do mercado publicitário e ainda deu valiosas dicas pra quem quer ter sucesso na área.

entrevista-washington-olivetto-mariana-godoy-4-dicas-publicidade-blog-geek-publicitario
Foto: Beatrice Costa / Divulgação – Rede TV!

Eu infelizmente não consegui ver o programa ao vivo. Só conseguir ver hoje, terça-feira, mas o conteúdo é tão bom, mas tão bom, que eu achei que valeria a pena trazer alguns dos melhores momentos pra cá. Que serão abordados logo abaixo.

O “Primeiro Sutiã” era fora das regras da TV

Poucos sabem, mas na verdade o “Primeiro Sutiã“, um dos filmes mais famosos da história da publicidade no Brasil quase não pôde ser veiculado inteiro na TV. Isso porque à época a Globo não permitia anúncios maiores que 1 minuto.

Leia também:  Os Protagonistas: Canal Universal levará dois publicitários para Hollywood em ação online

Washington Olivetto conta que chegou a telefonar pessoalmente para o Boni, chefão da emissora até então, pedindo uma exceção. Bem, o resultado é que funcionou.

Sobre ídolos e o sucesso profissional

Ainda falando sobre Boni e sua admiração por um dos maiores nomes da história da TV, Olivetto diz: “Uma das melhores coisas que o sucesso profissional pode dar. Claro que ganhar um bom dinheiro é bom, claro que ser reconhecido é bom, […] mas eu acho que a coisa melhor que o sucesso profissional pode dar é a possibilidade de ficar amigo dos seus ídolos.”

Influência feminina e os benefícios na comunicação

Olivetto diz que sempre foi rodeado por mulheres. Avó, mãe, tias, todas as mulheres de sua vida o fizeram aprender muito sobre a sensibilidade do universo feminino. O que foi (e ainda é) muito útil na profissão de publicitário.

“A Publicidade não é tão importante assim”

Ao comentar o caso de plágio cometido por um candidato a cargo público do Peru, Olivetto chega a comentar que está acostumado com isso e que não acha isso muito importante em uma profissão onde tudo muda muito rápido como a publicidade. E acrescenta: “até porque a publicidade é tão importante assim”.

Leia também:  Governo Federal erra feio em campanha "Gente Boa Também Mata" - Quem aprovou isso?

A pior coisa que um produto ruim pode ter é uma boa propaganda

Ao abordar a temática de Marketing Político, Olivetto solta mais um de seus bordões: eu prefiro anunciar um produto que o consumidor possa devolver se não gostar.

Diante da afirmação, Mariana questiona se não existe uma propaganda boa para um produto ruim. A resposta é enfática: “A pior coisa que um mal produto pode ter é boa propaganda. Porque ele vai ser descoberto mais depressa”.

Nós somos uma intromissão

Ao explicar que a publicidade não é responsável pela venda do produto, Olivetto explica a importância de se criar um anúncio interessante e criativo:

“Nossa obrigação é criar a predesposição de compra […] nós somos uma intromissão. Ninguém que está assistindo a gente agora ligou aqui na Rede TV pra ver um comercial de televisão. Todo mundo quer ver o programa da Mariana […] Então o comercial vai ser um intrometido. O mínimo que o intrometido pode fazer, é ser bem educado.”

Leia também:  Burger King é eleito o Anunciante do Ano no Cannes Lion

Ninguém precisa ter muito talento pra ser o melhor publicitário do mundo

entrevista-washington-olivetto-mariana-godoy-3-dicas-publicidade-blog-geek-publicitario
Foto: Beatrice Costa / Divulgação – Rede TV!

Uma das coisas mais pedidas pelos tuiteiros estudantes de propagandas e entusiastas de Washington Olivetto foram dicas para quem está começando. Oliveto diz que é muito difícil dar palpite na vida dos outros, mas deixa seu recado:

“Ninguém precisa ter muito talento pra ser o melhor publicitário do mundo. Precisa ter algum talento. […] Tem que trabalhar muito. Tem que saber administrar a sorte e tem que, principalmente, se informar loucamente, sem preconceito de informação.”

A entrevista completa com o Washington Olivetto está disponível no site do programa Mariana Godoy Entrevista e pode ser acessada clicando aqui.

entrevista-washington-olivetto-mariana-godoy-2-dicas-publicidade-blog-geek-publicitario
Foto: Beatrice Costa / Divulgação – Rede TV!
Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário, fundador do @gPublicitario, ♓, amante de arte, música e tecnologia. Snap: ferreiramaath

Comentários