tiago-leifert-abertura-zero-1

Zero1 é um canal de games dentro da TV aberta

Por: Matheus Ferreira

Na última madrugada de sábado pra domingo estreou na grade da TV Globo um programa bem diferente de tudo o que a gente está acostumado. O Zero1 é uma mistura de games, cinema, quadrinhos e todo o universo da cultura geek (ou nerd, como parecem ter preferido).

Apresentado pelo onipresente Tiago Leifert o programa é um sopro de jovialidade na TV aberta. Pra explicar o formato do Zero1 para o público do programa é simples: imagine um canal de games e cultura geek, agora tire um youtuber qualquer que veio à sua cabeça, coloque o Tiago Leifert e jogue isso na TV aberta. Pronto.

Isso nem de longe é uma crítica negativa; pelo contrário. O Zero1 é o que mais chega próximo desse novo mundo dos jovens conectados que se identificam cada vez mais com as produções “caseiras” na internet e cada vez menos com a TV de modo geral.

Leia também:  Play nos Jogos: Globo lança canal extra para as Olimpíadas na internet
Wendell Lira, vencedor do prêmio Puskas pelo gol mais bonito de 2015 que agora é youtuber de games foi o primeiro convidado do Zero1.
Wendell Lira, vencedor do prêmio Puskas pelo gol mais bonito de 2015 que agora é youtuber de games foi o primeiro convidado do Zero1.

Zero1

Talvez os dados comprovem a escolha do horário (0h45 do domingo), mas não é muito difícil imaginar que foi um acerto em cheio, afinal adolescentes nerds são menos propensos a estarem fora de casa na madrugada de sábado pra domingo e talvez sejam um dos poucos públicos com disposição e interesse o suficiente pra continuar com a TV ligada enquanto assiste um cara se divertindo sozinho com um vídeo-game.

Outro ponto positivo foi a aposta num mercado que tem crescido cada vez mais e movimentado uma legião de crianças e adolescentes em eventos como Brasil Game Show e Comic-Con Experience com direito até a gameplay em um chroma key bizarramente feio.

zero-1-gameplay-tiago-leifert-pombo
Confesso que um gameplay não era uma das coisas que eu esperasse ver tão cedo na programação da Globo.

No entanto, em certos momentos o apresentador me pareceu sozinho demais ou até mesmo apático durante a curta duração do episódio de estreia. Não sei se pelo estilo do Leifert, ou se por conta da ideia do programa mesmo.

Leia também:  Globo e NHK promovem exibição em 8K no Museu do Amanhã

Eu não sou o público fanático por canais de games, mas conheço alguns poucos, como por exemplo o hiperativo Cellbit que não deixam a peteca cair em nem um segundo sequer mesmo gravando sozinhos em seus quartos.

De qualquer forma o Zero1 prova mais uma vez que a Globo não tem a menor cerimônia em modificar e apostar em novos formatos para continuar mantendo o que importa: a atenção do telespectador. E pra não dizer que é tarde, talvez seja o momento ideal, até mesmo porque este público já elege celebridades vindas totalmente da internet como seus principais influenciadores.

Se você se interessou e ficou com vontade de assistir o primeiro episódio do programa na íntegra, pode fazer isso acessando a página do programa no Globo Play clicando aqui.

Leia também:  Samsung bloqueia vídeo do GTA V que trocava bombas por Galaxy Note 7
Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 25. Publicitário, fundador do @gPublicitario, ♓, amante de arte, música e tecnologia. Snap: ferreiramaath

Comentários