Garfield sequestra página da Seara no Facebook e pede #10MilLasanhas de resgate

Por: Matheus Ferreira

A página da Seara no Facebook foi sequestrada por um gatinho muito conhecido pela maioria dos brasileiros nesta segunda-feira, o Garfield. A ação faz parte da campanha #10MilLasanhas, realizada em parceria com os estúdios de Jim Davis, criador do personagem, de 1978.

Sob o controle da página, Garfield diz que experimentou uma lasanha Seara e teve a ideia de sequestrar a página e pedir 10 mil lasanhas para devolvê-la. No vídeo de apresentação da campanha, o personagem convida os consumidores a interagirem com ele. Veja:

Garfield pede #10millasanhas de recompensa à Seara

O insight para a ação veio a partir de sugestões dos próprios seguidores da marca nas redes sociais, que sempre reforçam que o gato dos desenhos é especialista em lasanhas. Os consumidores serão respondidos pelo próprio Garfield, que é assumidamente um fã de lasanhas.

A ação envolveu a equipe de Jim Davis, a agência Sunset e a Seara em trabalhos que realizados no Brasil e nos Estados Unidos. Até o momento não há informações sobre o investimento, mas pelo prestígio do personagem e o tamanho da operação, não é difícil prever que é um dos maiores investimentos da companhia no ano.

“Essa é, sem dúvida, a campanha digital mais divertida e arrojada que fizemos neste ano. Conseguimos, de forma única, divulgar a nossa linha de lasanhas […] com a participação mais que especial de um personagem tão querido como o Garfield, que mantém suas características e personalidade que sempre encantaram o público em geral”, afirma Fabiola Menezes, Diretora de Marketing e Trade Marketing da Seara.

O desfecho da campanha ainda não foi revelado, mas de acordo com as informações divulgadas, os consumidores podem esperar algo surpreendente. Vamos acompanhar!

Veja este e outros destaques em nosso canal no Youtube:

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários