gkpb-mamilo-livre-capa

Mamilo Livre consegue enganar algoritmo do Facebook

Por: Colaboradores

Não é de hoje que a polêmica sobre a nudez feminina no Facebook é questão de discussão em diversas páginas que abordam sobre feminismo.

O grande questionamento contra a rede social é desigualdade, pois é aplicado nudez ao mamilo feminino – o que impede a imagem de ser publicada – quanto o masculino não.

Sendo assim a J. Walter Thompson em parceria com o jornal feminista digital AzMina lançaram essa semana  uma plataforma intitulada #MamiloLivre que tem como objetivo “driblar” o algoritmo do Facebook que identifica nudez, fazendo com que a imagem passe “em branco” pela defesa da rede social.

gkpb-mamilo-livre

A maneira que a plataforma descobriu de quebrar com a censura da rede social foi simples e criativa, aplicando um pequeno recorte às fotos de peitos femininos onde o mosaico da  time line forma a imagem do mamilo, fazendo assim com que a rede social não descubra a publicação, não a censurando.

Leia também:  Novo comercial da 'quem disse, berenice?' é uma ode ao empoderamento feminino

A youtuber Jout Jout se fez parte da campanha e compartilhou sua foto no Facebook ontem, legendando a imagem com a pergunta base da campanha.

Para participar do movimento basta acessar a plataforma e fazer o recorde da foto, valendo lembrar que apenas perfis que estejam com gênero feminino conseguem logar no website.

Com informações de: B9. Por Pedro Ribas.

Com amor, GKPB. <3

Comentários