Campanha aparentemente romântica alerta sobre a violência armada

Por: Matheus Barbosa

Um filme aparentemente romântico lançado pela BBDO de Nova York em parceria com a ONG Sandy Hook Promise, mostra como os sinais de uma tragédia com violência armada, podem estar bem em frente aos nossos olhos e não conseguimos enxergar.

Quatro anos atrás, o norte-americano Adam Lanza de então 20 anos, adentrou na escola de Sandy Hook, após assassinar a própria mãe, e matou 26 pessoas, entre alunos e funcionários. Em seguida, ele se suicidou.

No vídeo lançado, vemos a história de dois adolescentes que tiveram suas vidas interrompidas por conta de uma tragédia como esta. Nele, um jovem rapaz começa a trocar mensagens com uma pessoa anônima através de frases escritas na mesa da biblioteca.

Leia também:  Airbnb te convida a viver as cidades visitadas em nova campanha

Entretanto, no decorrer da narrativa, diversos detalhes ocultos apresentam o comportamento de um outro jovem próximo, que passam despercebidos pelos olhares menos atentos.

sandy-hook-3

Este rapaz, aparece ao fundo em diversos momentos, observando e postando conteúdos sobre armas, simulando tiros em outras pessoas e chega a sofrer agressões de outros alunos.

A proposta da campanha é mostrar que catástrofes de violência armada podem ser evitadas, se ficarmos atentos aos sinais que as pessoas podem transmitir. De acordo com a ONG, 80% dos atiradores e 70% dos suicidam compartilham seus planos, de alguma maneira antes de os botarem efetivamente em prática.

Confira abaixo o vídeo da campanha:

Com amor, GKPB. <3

Comentários