Skol assume erros históricos e propõe recomeço com campanha “Redondo é sair do seu passado”

Por: Matheus Ferreira

Até pouquíssimo tempo atrás, falar de propaganda de cerveja era praticamente o mesmo que falar sobre algo que sintetizava o machismo da publicidade da forma mais escancarada possível; mas felizmente muitas coisas estão mudando. E depois de se ver no centro de uma gigantesca polêmica, a Skol tem encabeçado este movimento com diversos comerciais e ações com o intuito de promover a diversidade e o empoderamento.

Mas depois de tantos anos explorando a cultura machista de objetificação da mulher em sua comunicação, como se faz para consertar os erros históricos cometidos por anos? Bom, apagar o que já foi feito é impossível, mas comunicar aos seus clientes que você se envergonha daquilo e pedir uma nova chance para recomeçar deve ser uma das melhores atitudes possíveis para remediar.

E foi exatamente o que a Skol fez em sua nova campanha “Redondo é sair do seu passado”. Assista:

Leia também:  Skol reforça diversidade em campanha "Redondo é Sair do seu Quadrado"
-- Continua depois do anúncio-- -- Fim do anúncio--

“O mundo evoluiu e a Skol também. E isso não nos representa mais!”

Redondo é sair do seu passado – Skol

Este comercial é um dos passos mais honestos e ousados que eu tenho visto ser dado em direção a uma publicidade mais humana, diversa e respeitosa. Eu sei que minha opinião de homem pouco importa, por isso eu deixo abaixo algumas das reações de mulheres que eu achei mais parecidas com a minha.

“Enquanto uns fazem uma cerveja para homem e outra para mulher, vem a Skol e mostra como é que se faz. #TemMeuRespeito já amava Skol, agora então…! [sic]” disse um dos comentários com mais curtidas no vídeo publicado no Facebook. “Adorei! A mulher não é para servir a cerveja mas sim TOMAR! [sic]” disse outra.

Leia também:  Amstel vai distribuir bilhetes do metrô gratuitamente em Carnaval de SP

Vale lembrar que a Skol começou 2017 empenhada de verdade em mudar sua percepção diante de um público que exige novos posicionamentos das companhias. A marca já investiu em mais diversidade e também apoiou mulheres no carnaval com os apitos do respeito.

“Toda vez que nos deparamos com peças antigas de SKOL, que mostram posicionamentos distantes do que temos hoje, surge uma vontade de redesenhá-las e reescrevê-las. Então, percebemos que é possível fazer isso e o primeiro passo foi assumir o passado para mostrar a nossa evolução. Para legitimar ainda mais este momento, fizemos questão de dar espaço para mulheres dizerem como gostariam de ser representadas, fazendo essa releitura de pôsteres antigos. Queremos cada vez mais dar voz a quem defende o respeito. Amplificando e aprofundando ações que conversem com o posicionamento da marca. Não é apagar a história. Ela aconteceu, mas ficou no passado. E redondo é deixar para trás o que não te representa mais.”, comenta Maria Fernanda de Albuquerque, diretora de marketing da Skol.

Leia também:  Dayse derrota o machismo e vence MasterChef Profissionais

Que seja só o começo para a Skol, para as marcas de cerveja e para a publicidade como um todo. Aos vanguardistas, o nosso respeito e admiração.

Para acessar o site da campanha e conferir melhor os pôsteres realizados pelas artistas, você pode acessar o hotsite Reposter da Skol clicando neste link.

Veja este e outros destaques em nosso canal no Youtube:

A criação é da F/Nazca Saatchi & Saatchi.

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 25. Publicitário, fundador do @gPublicitario, ♓, amante de arte, música e tecnologia. Snap: ferreiramaath

Comentários