parabéns-facebook

O dia em que eu removi meu aniversário do Facebook

Por: Matheus Ferreira

Antes de mais nada, eu gostaria de dizer que pode parecer “mimimi”, ou até mesmo carência por atenção discutir um assunto como esse. E você tem todo o direito de interpretar como quiser. Eu encaro como um estudo muito saudável sobre superficialidade nas relações interpessoais por meio das redes sociais.

Uma amiga recentemente ocultou o aniversário do Facebook. Me lembro que fiquei em uma enorme dúvida se realmente aquela data era mesmo o aniversário dela, embora estivesse lendo uma infinidade de congratulações em sua Timeline. Estranho? Mas não deveria.

Eu não sei exatamente quais eram as razões que a levaram a tomar esta atitude, mas foi a primeira vez que me peguei pensando no assunto. Me lembro que ao parabenizá-la pelo seu dia, ainda reforcei que a parabenizava pela iniciativa de ocultar seu aniversário da rede. Porque, obviamente, aquilo significava receber dezenas de “Parabéns” a menos. E aí o que importa? A qualidade ou a quantidade?

No ano passado eu me lembro de ter tuitado que estava revoltado com alguns dos votos de Feliz Aniversário, porque tudo o que é demagogo me irrita. Por esse motivo achei a ideia da minha amiga algo muito válido e me prometi experimentar fazer o mesmo em meu aniversário do ano seguinte: fevereiro de 2014.

Leia também:  Oreo lança post interativo para o Dia do Rock

O resultado foi surpreendente. E digo no sentido positivo. E resolvi enumerar alguns fatos que pude perceber.

108 X 36 – O número de “Parabéns” diminui, e bastante.

facebook-aniversario-2013x2014

Já era esperado que o número de pessoas que me parabenizariam seria inferior ao do ano passado, mas não foi algo muito assustador. Em alguns momentos eu pedi para alguns amigos checarem se realmente não estava aparecendo, pois o número de votos de parabéns foi maior que o esperado.

Em números extados, foram 36 posts em 2014 contra 108 em 2013. Uma redução de quase 70% no volume de mensagens. Isso porque, por mais que haja a possibilidade de ficarem sabendo pelo Feed de Notícias, isso se restringe a um número restrito de pessoas que tenham interagido comigo ultimamente.

E isso é ótimo. Nada de amigos do colégio, ou aquela tia que mora longe e você nem tem contato. Só pessoas que você mantém contato por um período razoável na rede.

É mesmo seu aniversário?

Print Whatsapp Aniversáio 2014

Algumas pessoas me ligaram, outra grande parcela me chamou no Facebook Messenger e outra parcela resolveu chamar no Whatsapp. Recebi inúmeras mensagens perguntando coisas como: “Oi, Matheus, hoje é mesmo seu aniversário?”.

Leia também:  WhatsApp para iPhone libera atualização para envio de emojis com tamanho expandido

Pois bem, da mesma forma que meu cérebro deu um nó quando não vi o nome da minha amiga na área de aniversariantes do Facebook, o mesmo deve ter acontecido com meus amigos.

Como demonstraram algumas pessoas que chegaram depois de dias:

– Seu aniversário foi sexta?
– Aham!
– Nossa, que estranho! Não apareceu no Facebook. Eu fiquei com medo de te dar os parabéns e não ser mesmo seu aniversário.
– É, eu tirei.
– Você é retardado?
– Quase isso.
– Parabéns, atrasado. 🙁
– Obrigado. 🙂

Foram 36 mensagens bem diferentes das 108.

Se por um lado o número de 36 mensagens já foi surpreendente, mais surpreendente ainda foi a dedicação das pessoas que deixaram sua mensagem. Ousaria dizer que as 36 mensagens tiveram o triplo de caracteres de todas as 108.

Quando alguém vai à sua Timeline para te parabenizar, quer dizer que essa pessoa está disposta a gastar um tempo fazendo isto. E isso, muitas vezes faz com que ela acabe dizendo mais coisas do que diria por meio daquela pequena caixa disponível na Home.

Leia também:  E se a gente removesse os posts patrocinados dos perfis dos influenciadores no Instagram?

E o balanço final não poderia ser mais positivo

Foi um pouco engraçado passar por algumas situações em que as pessoas tinham dúvida do meu aniversário por simplesmente não aparecer no Facebook. Foi surpreendente ver que algumas pessoas se dedicaram bem mais que o esperado, mesmo alguns dias após o aniversário, mas deixando sua mensagem ou seus votos que pareciam bem mais sinceros.

A diferença prática dos números é praticamente inexistente. Eu mal consigo me lembrar de todos os 36 votos que recebi este ano, me lembraria menos ainda de votos superficiais, ainda que os tivesse recebido. Então acho que poupei trabalho de muitos amigos e pude reconhecer melhor o esforço de alguns poucos. O que justifica o feito.

O aprendizado deste ano provavelmente irá repercutir nos próximos anos e em todas as redes em que eu estiver daqui pra frente. E se ainda houver dúvida sobre minha recomendação, faça o mesmo e depois volte aqui nos comentários para compartilhar suas impressões.

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 25. Publicitário, fundador do @gPublicitario, ♓, amante de arte, música e tecnologia. Snap: ferreiramaath

Comentários