nokia-3310-pureview (1)

A sua marca precisa, realmente, fazer uma piadinha no 1º de abril?

Por: Matheus Ferreira

Antigamente as empresas eram mais fechadas, sérias. Quem optou por uma linguagem mais informal e próxima do consumidor se destacou e conseguiu fazer algo realmente diferente e empolgante. Entretanto, hoje em dia essa tática ficou não só banal, mas perigosa.

É necessário saber a hora de ser descontraído com o seu cliente para não bancar o bobo da corte, quando se espera algo sério. Hoje é 1º de abril, conhecido como dia da mentira. E eu não recebi nenhuma mentira dos meus amigos, mesmo assim fui trollado um sem-número de vezes só até o momento em que eu escrevo este post. Por quem? Empresas que eu sigo.

Qual o problema de mentir para o meu cliente no 1º de abril?

Bem, a questão é simples. Ninguém gosta de ser feito de besta. A menos que você seja humorista, a chance de você enganar seu consumidor e ele não se sentir mal, mesmo após saber que é mentira, é bem pequena.

Mas também não leve o dia assim tão a sério

Em 1º de abril de 2004 o Google lançou um de seus maiores serviços hoje. O GMail. A empresa já tinha um histórico de brincadeiras na data, em função disso, os usuários tiveram um grande período de ceticismo na real eficiência do serviço.

Leia também:  Gol transmite primeiro voo comercial com Wi-Fi ao vivo no Facebook

Se você acha exagero da minha parte, saiba que anos depois, Marissa Mayer, atual CEO do Yahoo! e VP do Google na época afirmou que foi um dos maiores erros da história da empresa.

Portanto, por mais que você tenha um anúncio sensacional para fazer para os seus clientes, guarde por algumas horinhas e espere o dia seguinte para o anúncio. Isso vai pode poupar grandes arrependimentos no futuro.

Veículos de comunicação, por favor, não!

O que tem me preocupado bastante, é que veículos de comunicação têm aumentado cada vez mais as brincadeiras em busca de uma viralização. Eu já perdi as contas do tanto de brincadeiras sem graça que vi ao longo dos anos. Esse ano, por exemplo, o campeão de enganações na minha timeline, foi um tal novo logo da Apple.

Leia também:  VIU Hub: Globosat cria plataforma pra conectar marcas a influenciadores

AppleRedesign_1

 

Não vou me alongar neste tópico. Apenas fazer um pedido: jornalistas, não. Obrigado.

Cuidado pra não perder a classeVaga para Limpador de Bunda Trampos.coBrincar com o seu cliente não quer dizer faltar o respeito com ele. O limite do profissionalismo está em cada um de seus consumidores. Enquanto 368 pessoas acharam este post bacana ao ponto de compartilhar, eu fiquei uns 5 minutos parado, olhando e pensando: “Por que, Deus?”.

Mas é possível o dia 1º de abril ser produtivo?

icade

Sim, é possível. Apostar em enganar o consumidor implica em assumir um risco. Óbvio que este risco está sujeito a intensidade de acordo com todos os itens que abordamos lá em cima. O iCade, por exemplo, foi um produto criado em uma piada de primeiro de abril e no fim acabou se tornando um produto real.

Mentirinha ou mentirona?

Existe aquela mentira que tem grande probabilidade de ser real, e a mentira que obviamente é uma brincadeira. Caso você vá brincar com seu consumidor prefira optar pela brincadeira óbvia. Algo passível de ser feito pela sua empresa pode causar inúmeros problemas. Dois principais são o fato de ser mais difícil de desmentir a mentira para quem não acompanha sua empresa, e a descrença caso um dia faça algo parecido.

Leia também:  Álbum de figurinhas dos youtubers esgota em pontos de venda na semana de estreia

Mas é proibido pra todo mundo?

Não é bem assim. É preciso conhecer a fundo seu cliente. Empresas que têm o costume de brincar e já têm uma linguagem mais próxima do público, provavelmente podem conseguir tirar benefícios da data.

nokia-3310-pureview
Nokia faz brincadeira com um de seus smartphones mais famosos.

 

A aproximação das marcas a seus consumidores nunca foi tão grande. Por outro lado, a voz a estes internautas bombardeados por marcas 24 horas por dia criou um desejo estranho nos consumidores: Nunca as pessoas foram tão tentadas a querer danificar a imagem de uma marca na internet. E quando tocamos neste assunto, todo cuidado é pouco.

Com informações de: Gizmodo.

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 25. Publicitário, fundador do @gPublicitario, ♓, amante de arte, música e tecnologia. Snap: ferreiramaath

Comentários