Com concorrentes à frente em pesquisa; patrocinadores oficiais da Copa mostram que só o patrocínio não basta

Por: Matheus Ferreira

Nike, Samsung e Visa já são, definitivamente, campeãs da Copa do Mundo FIFA 2014. Por quê? Essas três marcas não investiram um centavo em patrocínio à seleção brasileira ou à FIFA, mas estão tirando onda com o seu lugar à frente dos patrocinadores oficiais em uma pesquisa de recall encomendada pelo jornal Propmark.

As marcas mais lembradas na Copa (1)

Adidas, Sony e Mastercard investiram em patrocínio, mas deixaram muito a desejar no restante. E eu vou um pouco mais a fundo: nenhum dos três patrocinadores acima investiu em algo realmente bom na área de comunicação há um bom tempo. No caso da Sony então, junta-se isso ao trabalho sensacional que a Samsung vem realizando nos últimos anos.

Leia também:  Itaú lança campanha para divulgar o projeto "Leia para uma criança"

Patrocinadores como Vivo e Itaú, por exemplo, são marcas mais presentes na vida dos consumidores. Além do mais, souberam aproveitar o melhor de cada lado e não decepcionaram.

O resultado mostra uma situação muito clara: investimento em patrocínio não adianta em nada, quando não há um apoio em outras mídias.

Com amor, GKPB. <3
Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários