guarana-antarctica-black-acai-frutas-amazonia-proteste-conar-propaganda-enganosa-medina

Guaraná Antarctica Black faz propaganda enganosa e não contém Açaí, diz Proteste

Por: Matheus Ferreira

A Ambev está investindo pesado no lançamento do Guaraná Antarctica Black. Seu refrigerante que, teoricamente, leva açaí e outras frutas da Amazônia na composição.

Mas tanta exposição assim talvez tenha seu ônus. Isso porque a Proteste, Associação de Consumidores, denunciou o Guaraná Antarctica Black ao Conar e aos Procons de São Paulo e do Rio de Janeiro.

De acordo com a Associação, o refrigerante é anunciado como contendo o “sabor do açaí”, mas a composição indicada na embalagem do produto não traz quaisquer indícios da fruta.

guarana-antarctica-black-acai-frutas-amazonia-proteste-conar-propaganda-enganosa

Os ingredientes citados na embalagem são: água gaseificada, açúcar, extratos de cenoura roxa e hibisco, extrato de guaraná, corante caramelo IV, acidulantes, ácido fosfórico e ácido cítrico, emulsificante goma acacia, aromatizante e regulador de acidez citrato de sódio.

Ou seja, a coloração roxa, que todo mundo acredita vir do açaí, na verdade, vem da cenoura roxa (ou um corante qualquer) utilizada na composição da bebida.

O órgão caracterizou a publicidade do produto como “enganosa” e está pedindo a remoção das menções “Sabor do Açaí” e “Frutas da Amazônia” das embalagens e peças de comunicação.

guarana-antarctica-black-se-joga-no-escuro-acai-proteste-blog-geek-publicitario

Procurada pelo Estadão, a Ambev informou que está acompanhando a avaliação do Conar e do Procon e que está à disposição para esclarecimentos. Mas já é praticamente impossível encontrar algum material oficial da marca informando qualquer presença de açaí ou frutos da Amazônia.

Inclusive o vídeo original (abaixo) foi substituído por uma nova versão há 4 dias somente para remover o texto onde as frutas eram mencionadas.

https://www.youtube.com/watch?v=mNi7gTao7bw

Eu comprei um Guaraná Antarctica Black na semana passada e posso atestar que, se o único problema dele fosse não levar açaí, ainda estava bom. A bebida não tem gosto de nada, além de água gaseificada com um xarope doce qualquer.

Agora sim deu pra entender a assinatura: “Se joga no escuro”. Afinal, todo mundo está tomando algo que não tem ideia do que é.

Com informações de: Estadão e Proteste.

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 25. Publicitário, fundador do @gPublicitario, ♓, amante de arte, música e tecnologia. Snap: ferreiramaath

Comentários