Com smartphone Redmi 2 a R$ 499, Xiaomi chega oficialmente ao Brasil

Por: Matheus Ferreira

Em um evento que aconteceu hoje na cidade de São Paulo, a fabricante chinesa Xiaomi oficializou sua vinda para o Brasil e aproveitou a ocasião para anunciar três lançamentos no país. O smartphone Redmi 2, a pulseira inteligente Mi Band e o carregador portátil Mi Power Bank.

Redmi 2

hugo-barra-xiaomi-brasil-redmi-2-blog-geek-publicitario

O Redmi 2 é um smartphone intermediário que vem para tentar tirar uma fatia do mercado em que o Moto G nada de braçada. Muito embora a companhia tenha feito questão de compará-lo o tempo todo com o iPhone 6.

O aparelho conta com câmera traseira de 8 MP capaz de fornecer abertura F2.2, câmera frontal de 2 MP, Dual SIM 4G, Processador QUAD-CORE de 1.2 GHz, MIUI 6, tela de 4.7 polegadas, memória RAM de 1 GB e 8GB de armazenamento expansível Micro SD de até 32GB.

redmi-2-hands-on-blog-geek-publicitario

Mas o grande trunfo do Redmi 2 é o preço. O aparelho chegará custando R$ 549,00 parceláveis em até 10 vezes. Ou R$ 499,00 para quem resolver pagá-lo à vista.

Mi Band

mi-band-xiaomi-brasil-blog-geek-publicitario

O mercado de wearables ainda está engatinhando no Brasil, mas a Xiaomi deve dar um grande impulso para a adoção das pulseiras inteligentes com a chegada da Mi Band.

Por R$ 95 ela promete monitorar atividades físicas e qualidade do sono; exibir notificações inteligentes integradas com o telefone (alertas de chamadas, SMS e notificações de alguns serviços da Mi Band, como alerta de meta diária atingida) e ainda servir como ID de desbloqueio para smartphones Mi ou qualquer dispositivo que rode Android a partir da versão 5.0.

Mi Power Bank

O Mi Power Bank é um carregador portátil com 10.400 mAh que promete fornecer energia suficiente para recarregar até 4,5 vezes um iPhone 5S, além de vir com proteção de curtos, e um design bonito e compacto.

mi-power-bank-xiaomi-brasil-blog-geek-publicitario

A Xiaomi ficou conhecida como Apple Chinesa depois de assumir o posto de maior vendedor de smartphones na China, conseguindo oferecer smartphones com preço baixo e qualidade.

Quando?

Neste primeiro momento as vendas serão realizadas por meio dos “Eventos de Venda“. Não ficou muito claro ainda qual será a mecânica, mas parece que a compra será liberada de lotes em lotes durante o dia dos eventos.

O primeiro evento será já no dia 7 de julho. Se você se interessou pelos itens da Xiaomi, pode conhecê-los melhor e se inscrever para o evento de compra no site oficial.

Veja este e outros destaques da semana em nosso canal no Youtube:

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 25. Publicitário, fundador do @gPublicitario, ♓, amante de arte, música e tecnologia. Snap: ferreiramaath

Comentários