Samsung apresenta novos Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus

Por: Matheus Ferreira

Em um evento que aconteceu esta tarde em Nova Iorque, a Samsung anunciou duas novas versões de seu smartphone topo de linha: o Galaxy S8 e o Galaxy S8 Plus.

Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus

O telefone é basicamente tudo aquilo que já havia vazado pelos sites especializados em tecnologia: novo assistente de inteligência artificial, o Bixby; telas curvas praticamente sem bordas, sensor de impressão digital na parte traseira do aparelho.

Tela

Os dois dispositivos possuem telas enormes. O Galaxy S8 chega com uma tela de 5.8 polegadas, e seu irmão maior, o Galaxy S8 Plus tem inacreditáveis 6.2 polegadas de tela. No entanto, o tamanho do primeiro não deve ser muito diferente do tamanho do Galaxy S7. Isso porque sem o botão físico, a companhia aproveitou ao máximo a parte dianteira do celular, criando uma experiência muito bonita e mantendo um tamanho aceitável.

Resolução e Armazenamento

Ambas as versões dos dispositivos trazem tela com resolução Quad HD+, em outras palavras, trazem resolução de 2.960px por 1.440px. O que significa que a versão menor terá uma densidade de pixels maior. Os dispositivos ainda trazem armazenamento interno de 64GB e 4GB de RAM.

Câmera

A câmera traseira não recebeu muitas mudanças. Ela possui 12 megapixels com uma abertura F/1.7, algo bem parecido com a câmera já utilizada no Galaxy S7. No entanto, a Samsung mudou a forma como as fotos são processadas. A câmera frontal é uma grande angular de 8MP. Seguindo a tendência criada pelo Snapchat, ela deve trazer diversos filtros para personalizar e deixar as fotos mais divertidas.

O aparelho ainda possui certificação IP68, o que significa que ele é resistente à água e à poeira. Além disso, a Samsung decidiu manter a entrada de fone de ouvido. O que deve soar como um alívio para a maioria das pessoas que odeiam adaptadores ou ainda não estão afim de utilizar fones de ouvido Bluetooth.

Quando chega?

O aparelho será lançado oficialmente no dia 21 de abril nos Estados Unidos e ainda não há previsão de chegada ao Brasil. No entanto, o site da samsung possui uma área de pré-registro para você ficar informado sobre o lançamento em primeira mão.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Por que a Amazon errou feio ao provocar o prefeito de São Paulo?

Por: Matheus Ferreira

Mesmo que você não more na cidade de São Paulo, provavelmente deve ter ficado sabendo da última polêmica envolvendo o prefeito João Dória e a Amazon por conta de um comercial feito pela marca com projeções de trechos de livros nas paredes cinzas da cidade.

De fato a ação foi impactante, afinal, o vídeo já soma mais de meio milhão de visualizações nas redes sociais. Mas ao provocar as paredes cinzas, a Amazon se envolveu (até o momento eu não sei dizer se foi conscientemente ou não) em um território extremamente dramático no Brasil nos últimos anos: a política.

Se nos EUA diversas marcas acabaram partindo para uma comunicação crítica ao Trump e se deram bem com os consumidores, aqui o buraco é um pouco mais embaixo. Os brasileiros estão extremamente polarizados desde as eleições de 2014. Falar qualquer coisa sobre política aqui já significa automaticamente assumir um lado da história. E uma marca só deve assumir um lado da história quando tem um posicionamento claro e culhão pra assumir a bronca (a menos que você seja o Habib’s… Aí ninguém vai se importar com você).

Confesso que eu também não imaginei que o prefeito fosse se dar ao trabalho de responder a um anúncio publicitário, mas Dória não só mostrou a que veio, como a quem representa: o famoso “não levo desaforo para casa”. Num vídeo com menos de 30 segundos, o prefeito conseguiu reverter a história e mudar o jogo completamente. Provocou a Amazon a doar livros, computadores e tablets para escolas, entre outros projetos.

A notícia que já tinha ganhado algumas publicações nos portais de comunicação simplesmente explodiu. E, sim, a Amazon estava numa situação que meu avô certamente chamaria de sinuca de bico. Ceder às solicitações do prefeito significaria assumir derrota. Ignorar, praticamente um W.O.

Qual a saída então?

Na verdade, minha recomendação para qualquer marca para evitar dor de cabeça é: não se envolva com política. Sério. É um assunto em alta? Sim. Pode render publicidade gratuita? Sim, e muita. Mas se você não quer dor de cabeça, não fale de política no Brasil. Pelo menos neste momento.

No caso da Amazon, deveria ter sido feito um planejamento que considerasse as críticas. Antes de colocar a campanha no ar, a companhia deveria ter analisado nosso cenário político e se preparado para uma eventual contrapartida do prefeito, ou pelo menos dos seus seguidores. Isso talvez pudesse ter até mudado o tom do comercial. Mas uma vez que a campanha já estava no ar, só existia uma saída: criatividade.

Mesmo com criatividade, sem um planejamento definido previamente, não importa para que lado fosse, a companhia já saía perdendo. Afinal, os simpatizantes da nova administração interpretaram a campanha de forma ruim logo de cara. E por mais que as solicitações do prefeito fossem atendidas, para este público, o mérito seria todo de Dória. Além disso, boa parte do público, seja lá qual fosse a ideologia política, passaria a ver a marca como frágil e sem personalidade caso se rendesse aos pedidos do prefeito.

O que a Amazon fez?

Nesta quarta-feira a companhia anunciou uma atualização na sua campanha, que intitulou “Amamos SP”. Nesta ação, a marca se comprometeu a doar seus e-readers para instituições que promovem a cultura na cidade e ainda disponibilizou um livro gratuito para cada usuário do seu serviço a ser escolhido dentre uma lista de mais de 30 títulos.

Sim, a Amazon cedeu. E pior, sem criatividade alguma. Fez o que o prefeito esperava e deu aos seus simpatizantes, que diga-se de passagem são um número enorme, mais uma vitória no primeiro turno.

O público pode simpatizar (assim como eu) com a doação de Kindles para as escolas e também correr para baixar o seu livro gratuito. A Amazon pode explodir no noticiário, mas do ponto de vista do valor de marca, a Amazon sai perdendo. E muito.

Ganhou o prefeito e as demais marcas, como Kabum e Multilaser, que numa atitude que eu consideraria o equivalente a chutar cachorro morto, aproveitaram a situação para anunciar apoio às demandas da prefeitura em troca de um espacinho na mídia.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

McDonalds começa a vender molho do Big Mac no Canadá

Por: Matheus Ferreira

O molho do Big Mac é sem dúvida alguma um fenômeno mundial. E embora até a o próprio McDonald’s já tenha ensinado a fazê-lo, uma coisa é fato: ninguém faz melhor do que a própria rede. Pensando nisso, o McDonald’s do Canadá decidiu iniciar a venda dos principais molhos dos seus sanduíches. Incluindo o icônico molho Big Mac!

A informação foi publicada pelo próprio McDonald’s Canadá em seu perfil no Twitter. “Prepare-se, Canadá! Lançamento nas gôndolas no segundo trimestre. #BigMacSauce”. Além do molho Big Mac serão vendidos inicialmente os molhos do McChicken e McFish.

McDonald’s vende molho Big Mac

Já faz tempo que o McDonald’s tem flertado com a venda do seu principal molho para o consumidor. Em 2015 a marca leiloou uma edição limitada do molho ao redor do mundo e chegou até mesmo a vender 100 unidades aqui no Brasil, arrecadando R$ 25,5. As duas ações tinham como finalidade financiar causas sociais realizadas pelo Instituto Ronald McDonald.

Infelizmente não há qualquer previsão de venda do molho aqui no Brasil até o momento. Ao Geek Publicitário, o McDonald’s nos informou a nota que reproduzimos na íntegra a seguir: “No Brasil, já vendemos o molho do Big Mac em 2015, em uma ação pontual para o McDia Feliz, visando arrecadar fundos para o Instituto Ronald McDonald. Entretanto, não há nada planejado sobre novas vendas de molho”.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Tinder ganha versão Web e agora pode ser usado em qualquer computador

Por: Matheus Ferreira

Sites de relacionamento sempre foram bem comuns, mas o Tinder acabou conquistando o público mais jovem por ser essencialmente um app mobile, possuir uma interface intuitiva e uma mecânica bastante interessante para conectar pessoas com interesses mútuos. Mas agora o app acaba de ganhar sua versão Web.

Chamada de Tinder Online, a versão do app para ser acessada de qualquer navegador é bem semelhante a encontrada no smartphone, mas possui uma interface que une as combinações, mensagens e perfis numa só tela. Veja abaixo como ficou:

Além disso, a versão web do Tinder tem suporte a notificações no navegador e navegação baseada em atalhos no teclado. Pressione “←” para dispensar um perfil, “→” para dar um sim. Outros atalhos também estão disponíveis e fazem com que o processo de escolha dos perfis seja totalmente realizado sem necessidade de um clique sequer.

O novo Tinder Online já está disponível e pode ser acessado por meio do site oficial da companhia: o Tinder.com.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

A Google Play Store está dando 1 app pago de graça por semana

Por: Matheus Ferreira

Nos últimos tempos, com a vasta quantidade de aplicativos que apostam em publicidade, assinatura ou compras dentro do próprio app, ficou cada vez menor o número de apps pagos realmente interessantes. Mas eles ainda existem e merecem um voto de confiança, que nem sempre vem por conta do receio inicial em pagar por algo que ainda não se conhece muito bem como irá funcionar.

Mas o Google parece ter decidido dar uma ajudinha na promoção destes apps com uma nova categoria da Google Play Store chamada Free App of the Week (App Grátis da Semana), onde a plataforma irá disponibilizar um app pago diferente de forma gratuita para os consumidores toda semana.

A promoção foi colocada no ar sem muito alarde pelo Google e até o momento, só está acessível por contas nos EUA, no entanto, quando nós acessamos aqui no Brasil o primeiro app selecionado nesta semana, o Guerra de Cartas, da Cartoon Network. E é possível instalá-lo de forma totalmente gratuita. O valor original do app aparece riscado, seguido da palavra “Instalar”. Veja abaixo:

Ainda não há informações se esta promoção virá efetivamente para o Brasil, se continuará desta forma nos próximos apps, ou se foi só um erro do Google em não restringir este acesso. Mas fica aqui a nossa torcida para que não só venha, como continue por bastante tempo e traga bons apps de forma gratuita.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Na contramão do mercado, Veja aumenta circulação em 7,8%

Por: Matheus Ferreira

Enquanto o mercado editorial de modo geral vive um cenário de “salve-se quem puder”, a revista Veja, velha conhecida do mercado brasileiro, está comemorando  um significativo crescimento na sua circulação.

Comparando os dados de janeiro de 2016 e janeiro de 2017 a revista registrou 7,8% de crescimento, passando da média de 1.118.085 exemplares vendidos no ano passado para 1.205.086 exemplares vendidos neste ano. Além disso, a média de circulação por edição no segundo semestre de 2016 foi 2,5% superior à do primeiro semestre. Considerando impresso e digital.

Quando o assunto é acesso ao portal da revista na internet, os números ficam ainda melhores. Recentemente a Veja bateu o recorde de acessos em seu site com 23,2 milhões de visitantes únicos, o que significa 142% de crescimento. A receita de publicidade também acompanhou o ritmo, registrando 48% de aumento.

Segundo Maurício Panfilo, gerente da área de Pesquisa e Inteligência de Mercado da Abril, “os números do impresso e do digital contabilizados em janeiro permitiram que VEJA alcançasse a maior circulação dos últimos dois anos”, afirma.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Amazon cobre o cinza de SP com trechos de livros para promover app do Kindle

Por: Matheus Ferreira

Com exceção das péssimas tentativas do Habib’s é difícil encontrar empresas brasileiras que decidem abordar temas que remetam a política em sua comunicação nas condições em que o Brasil se encontra. Mas a Amazon decidiu dar uma cotucada de leve no prefeito de São Paulo, João Dória em seu primeiro anúncio para promover o Kindle feito especificamente para o Brasil.

No vídeo, a companhia mostra diversos lugares da cidade de São Paulo que foram pintados de cinza pela atual gestão com projeções de trechos de alguns dos seus best-sellers, como Harry Potter, O Pequeno Príncipe e até mesmo 50 Tons de Cinza. Assista:

“Cobriram a cidade de cinza? A gente cobriu o cinza de histórias” diz o texto do comercial.

Assim como tudo o que acontece ultimamente no Brasil relacionado a política, as opiniões se dividiram. “Melhor a cidade cinza do que cheia de rabiscos. Melhor ler uma obra em livro do que no Kindle.” disse um dos comentários com mais curtidas no Youtube. Já os que gostaram foram mais breves: “maravilhoso!” comentou outra usuária do site de vídeos.

[Atualizado em 29/03/2017 – 9h46] – O prefeito de São Paulo se sentiu ofendido com o vídeo e postou no dia seguinte à divulgação da campanha, um vídeo onde devolvia a provocação da Amazon sugerindo que se a empresa gostasse tanto da cidade, deveria doar livros e equipamentos para as escolas e instituições que promovem a cultura. Veja:

A Amazon respondeu nesta quarta-feira informando que vai sim realizar a doação de kindles para instituições que promovem a cultura e ainda disponibilizou um livro grátis para todos os seus consumidores para ser escolhido em uma lista com mais de 30 títulos:

  1. Como fazer amigos e influenciar pessoas
  2. Laranja mecânica
  3. 2001: uma odisseia no espaço
  4. O Planeta dos Macacos
  5. STAR WARS – Marcas da Guerra
  6. A história do mundo para quem tem pressa
  7. O Pequeno Príncipe
  8. Os melhores contos de H.P. Lovecraft
  9. O Hobbit
  10. As Crônicas de Nárnia
  11. Não falta nada
  12. Onze Reis: Principia
  13. Scrum: a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo
  14. Mistborn – Nascidos da Bruma: o império final
  15. Histórias da gente brasileira – vol. 1
  16. Guia politicamente incorreto da história do mundo
  17. A filosofia explica grandes questões da humanidade
  18. A Startup Enxuta
  19. Guia politicamente incorreto da história do Brasil
  20. Crash – 2.ª edição
  21. Wayne de Gothan
  22. A Segunda Guerra Mundial: os 2.174 dias que mudaram o mundo
  23. Os últimos dias de Krypton
  24. A menina que não sabia ler
  25. A Joia
  26. D. Pedro: a história não contada
  27. Marvel Comics: a história secreta
  28. Wicked
  29. Churchill: uma vida – Vol. 1
  30. Memórias de um sargento de milícias
  31. O ateneu
  32. O jardim secreto
  33. A época da inocência
  34. O alienista
  35. Quincas Borba
  36. Memórias póstumas de Brás Cubas

Amazon #MovidosPorHistórias

O comercial tem como intuito promover a campanha MovidosPorHistórias, da Amazom que promove o app do Kindle para dispositivos móveis na intenção de aproveitar um aparelho que o consumidor já tem para atrair novos clientes.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

SBT, Record e Rede TV podem sair do ar na TV Paga por tempo indeterminado

Por: Matheus Ferreira

Com o fim do sinal analógico na região metropolitana de São Paulo se aproximando, SBT, Record TV e Rede TV ainda não fecharam um acordo com as principais operadoras de TV a cabo do país.

A decisão veio da Simba, uma empresa criada a partir da união dos três canais. Desde a semana passada, as emissoras têm veiculado um comunicado informando a possível retirada do sinal das operadoras NET, OI, Vivo, Claro, Embratel e Sky por falta de acordo no pagamento dos direitos.

Não há informações sobre os valores tratados, ou qual foi a contraproposta oferecida pelas operadoras, mas a Simba afirma que quer a mesma negociação já realizada com canais estrangeiros e alguns nacionais.

Como a recepção do sinal de TV aberta para o público é gratuito, desde que uma TV seja compatível e esteja conectada a uma antena UHF, o público ainda terá uma segunda alternativa para assistir. Mas essa opção é bem menos prática do que se os canais já fizessem parte do pacote.

Até o momento o impasse ainda não foi resolvido. Vale lembrar que recentemente a Sky e a Fox passaram por um problema muito semelhante, que chegou a remover os canais do grupo da programação da Sky. Apesar disso o problema já foi resolvido. Assim como esperamos que aconteça neste caso também.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Balde de Pipoca Power Rangers, Trailer Death Note e Carne Fraca | GKPB Em Vídeo #117

Por: Matheus Ferreira

Nosso GKPB Em Vídeo #117 já está no ar e nessa semana nós falamos do balde de pipoca inspirado no capacete do ranger vermelho para a estreia de Power Rangers. Falamos também do primeiro trailer de Death Note liberado pela Netflix e da reação das marcas JBS e BRF para tentar estancar os danos causados pela operação Carne Fraca.

Quer ficar por dentro de tudo o que foi destaque nesta semana? Então vem com a gente e aperta o play! =D

Confira os posts que foram destaques no GKPB Em Vídeo #117:

  1. Cinemark lança balde de pipoca em forma de capacete do Power Rangers
  2. Netflix divulga primeiro trailer de Death Note e ele é sensacional. Assista!
  3. JBS e BRF apostam na publicidade para diminuir danos da operação Carne Fraca

Conecte-se com o Geek Publicitário

Facebook: http://fb.com/geekpublicitario
Snapchat: https://www.snapchat.com/add/gpublicitario
Twitter: http://twitter.com/gPublicitario
Instagram: http://instagram.com/geekpublicitario
Youtube: http://youtube.com/user/gPublicitario

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Visa traz troféu da Copa do Mundo para o Brasil

Por: Matheus Ferreira

Eu nem tinha me dado conta, mas a Copa do Mundo da Rússia já vai acontecer no ano que vem. E se como um bom brasileiro você também é apaixonado por este evento, certamente ficará contente em ver que a Visa está trazendo o famoso troféu da Copa do Mundo para o Brasil neste final de semana. E o melhor é que você pode ir vê-lo de pertinho.

Quem estiver passando por São Paulo poderá entrar gratuitamente na Exposição do Troféu dos Campeões da Copa do Mundo 2018 que acontecerá no Parque Villa-Lobos das 9h às 19h. Lá o visitante terá a oportunidade de ficar ao lado do troféu e também interagir com outras atividades instaladas no local como fotos 360° e com o mascote da competição para postar em suas redes sociais.

FOTO: CRISTINO MARTINS/AG. PARÁ

Troféu Copa do Mundo – Visa

“A Visa compartilha da paixão pelo futebol como milhões de aficcionados em todo o mundo. Por isso trazemos o Troféu dos Campeões para o Brasil, para que os fanáticos pelo esporte possam admirá-lo de perto e, assim, já fazer um aquecimento e entrar no clima de torcida para a Rússia 2018”, conta Sergio Giorgetti, vice presidente de marketing da Visa do Brasil.

Serviço

Exposição do Troféu dos Campeões da Copa do Mundo 2018
Domingo 26/3, das 9h às 19h, entrada gratuita
Local: Parque Estadual Villa-Lobos – Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 2001 – Alto de Pinheiros, São Paulo/SP

Com amor, GKPB. <3

Comentários