Conar abre processo para avaliar campanha “Gente Boa Também Mata”

Por: Matheus Ferreira

Depois de causar a maior polêmica nas redes sociais na semana passada, o Conar decidiu abrir um processo para avaliar a campanha atrapalhada “Gente Boa Também Mata” criada pela Nova/sb para o Ministério dos Transportes.

Assim como na maioria dos casos, o Conar abriu o processo por receber diversas reclamações de cidadãos que acreditam que a campanha promove associação indevida entre pessoas que praticam boas ações e quem mata no trânsito, pedindo a retirada das peças.

Gente Boa Também Mata

Vale lembrar que o próprio Ministério dos Transportes já solicitou a retirada dos cartazes distribuídos pelos mobiliários urbanos, mas ainda assim o vídeo da campanha, que embora menos problemático que as peças impressas, ainda está no ar em diversos canais oficiais do ministério.

Segunda fase da campanha “Gente Boa Também Mata” deixa de lado qualquer referência a grupos da sociedade e foca na mensagem de conscientização.

O Conar não solicitou a suspensão da campanha em caráter de decisão liminar como já fez em outras ocasiões mais graves, como o comercial do Habib’s atacando o McDonald’s, por exemplo, mas deve divulgar um parecer sobre a campanha em até 40 dias.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Conar suspende comercial do Habib’s, que responde com nova provocação

Por: Matheus Ferreira

O Conar acolheu a reclamação do McDonald’s e pediu a suspensão temporária do comercial “Novos Beirutes” do Habib’s, que fazia uma sátira com um palhaço e um rei em referência ao McDonald’s e Burger King.

De acordo com o McDonald’s as propagandas denegriam a imagem da empresa, usavam forma não autorizada as marcas registradas como o Ronald McDonald e o Jingle do Big Mac, além de ainda praticar a publicidade comprativa irregular. O relator do processo entendeu que a campanha contraria o Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária.

Habib’s ironiza decisão do Conar

Mas inacreditavelmente o Habib’s aparentemente ainda acha que é possível ir além. Depois da determinação, a rede publicou em sua página uma nova versão do comercial, onde eles alegam que atendendo a parte mais engraçada foi removida a pedido da concorrência, mas ainda foi mantida a parte mais gostosa. Assista abaixo:

O McDonald’s pediu a suspensão de dois anúncios. O primeiro pedido se referia ao comercial “Leilão”, que fazia uma brincadeira com os preços dos sanduíches mais baratos oferecidos pelas redes Burger King, McDonald’s e Habib’s; mas ele não foi suspenso.

Embora o Habib’s tenha se prontificado em criar um novo comercial, a rede aparentemente só respeitou a decisão em relação à TV. Isso porque no Facebook e no YouTube ainda é possível assistir normalmente os vídeos que, juntos, somam mais de 4 milhões de visualizações.

A criação é da Publicis.

Veja este e outros destaques em nosso canal no Youtube:

Com informações de: Meio & Mensagem.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Conar decide que comercial “Luis Augusto” da Sadia não ofende consumidores

Por: Matheus Ferreira

Por mais absurdo que a história possa parecer, alguns consumidores decidiram denunciar a uma das campanhas recentes da Sadia ao Conar por supostamente denegrir a imagem das pessoas que se chamam “Luis Augusto”.

No comercial da campanha “Não leve Luis Augusto por Sadia” que foi ao ar em TV aberta, a marca personificou uma peça de presunto que recebeu então o nome de Luis Augusto. Assista abaixo:

O Conar então decidiu abrir um processo para analisar as mais de 100 reclamações recebidas. E após análise, o conselho decidiu pelo arquivamento do processo. Ou seja, o comercial não será suspenso e nem deverá passar por nenhuma modificação.

O que não significa, necessariamente, que ele seja bom, né. Porque eu tô desde o primeiro dia que vi esse comercial tentando encontrar a graça, que assim como a ofensa, decidiu não aparecer.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Pugliesi é advertida pelo Conar por publicidade irregular

Por: Matheus Ferreira

A musa master dos vidrados em academia, saúde e bem-estar; Gabriela Pugliesi acaba de ser julgada pelo Conar por praticar publicidade velada em seu perfil no Instagram.

O conselho afirma que recebeu pelo menos 15 denúncias de consumidores e depois de abrir processo, concluiu que a influenciadora acabou praticando diversas irregularidades em uma postagem no Instagram realizada para o produto Skol Ultra, da Ambev.

https://www.instagram.com/p/8rHuB2qo8S/

De acordo com o Conar, o post realizado por Pugliesi infringe pelo menos três normas do Código de Autorregulamentação. O fato de ser possivelmente influente para um público menor de idade, associação de produto alcoólico a prática de exercícios físicos e o objeto da denúncia: prática de publicidade velada.

A Ambev informou que a blogueira recebeu os produtos para degustação e, por isso, vê a publicação como uma atitude espontânea, não uma promoção do produto. Justificativa que não convenceu o Conar.

Nos últimos tempos as marcas têm ido atrás de influenciadores digitais para aproximar seus produtos dos consumidores de uma maneira mais natural que as propagandas tradicionais.

Com esta tendência, tem sido cada vez mais comum as marcas pedirem aos influencers que deixem o mais sutil possível que se trata de uma intervenção publicitária. O que acaba, infelizmente, fazendo com que a grande maioria desrespeitem algumas regras básicas do Conar.

Esta não é a primeira vez que o Conar julga se a Gabriela Pugliesi fez publicidade velada. Em 2014, o conselho abriu processo para avaliar a divulgação de produtos no blog Tips4Life.

Com informações de: O Globo. Imagem de destaque: Reprodução – Instagram.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

‘O Mundo Tá Chato’: Conar libera comercial com limões da Pepsi Twist

Por: Matheus Ferreira

Depois de analisar o mais recente comercial da Pepsi Twist após receber acusações de que a peça publicitária era um desrespeito à luta das minorias, o Conselho de Autorregulamentação Publicitária, Conar, decidiu pelo arquivamento do processo.

Os conselheiros do órgão não concordaram com a ideia dos denunciantes de que o comercial desmereceria as lutas das minorias e liberaram a campanha por uma decisão unânime.

novo-comercial-pepsi-twist-novas-latinhas-limoes-blog-geek-publicitario

Entenda o caso

Depois de 7 anos na geladeira, a Pepsi trouxe de volta os famigerados limões da Pepsi Twist. No novo comercial, os recontratados da Pepsi aparecem para criticar a turma do Mimimi, que vive dizendo que não pode isso, ou não pode aquilo. Tudo com uma postura irreverente e engraçada.

Mas aparentemente alguns consumidores não gostaram nem um pouco da brincadeira. Após receberem mais de 50 queixa, o conselho decidiu abrir processo para averiguar se haveria necessidade de suspensão ou não da campanha.

“Um toque de Limoa”

Para agradar os grupos feministas e tentar um álibi pra conseguir continuar com o anúncio sem maiores problemas, o pessoal da Pepsi decidiu criar a “limoa”, ou seja, a versão mulher dos limõezinhos.

A personagem apareceu no mais recente anúncio que foi divulgado hoje pela companhia e conta com a dublagem da cantora Anitta, que já tinha lançado as novas latinhas em seu clipe. Assista ao vídeo:

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Itaú volta a explicar “Digitau” após denúncias: “Isso aqui é um comercial”

Por: Matheus Ferreira

Depois de ir parar no Conar por supostamente incentivar crianças a cometerem erros gráficos na hora de escrever a palavra Digitau, o Itaú voltou a reforçar seu posicionamento neste final de semana com uma propaganda tão bem-humorada, quanto provocativa.

Pra quem ainda não entendeu qual é o intuito da empresa com a campanha, eles fizeram questão de deixar muito claro: “Eu sou um ator, e esse aqui é um comercial do Itaú” chega a dizer um dos personagens da peça, quase que em tom de sarcasmo.

O comercial é muito bacana. Assita!

– Ô Chico… Isso não tá errado não? “Digital” não é com “L”?
– É, tá certo. Mas Digital com “U” é o Digital do Itaú.
– Digital com U? Não existe, Chico!
– Digital com U é um neologismo. Isso aqui ó… É uma metalinguagem, cara!
– Metalinguagem? Cê tá falando estranho, Chico. Nem parece o cara que trabalha comigo…
– É que eu sou um ator, cara. Isso aqui ó… é um comercial do Itaú.

Denúncia ao Conar

O Conar afirmou que recebeu cerca de 15 reclamações de consumidores a respeito do novo comercial do Itaú, onde crianças aparecem brincando e cantando um jingle que reforça o posicionamento da palavra Digitau. Uma junção de Digita com Itaú.

Após a polêmica o Itaú já havia liberado um vídeo explicativo sobre o conceito do “Digitau”. Veja abaixo:

Ao AdNews a Africa, agência responsável pela campanha, disse que a campanha “Itaú Digital” tem como objetivo promover os canais de atendimento digitais do banco. E ainda afirmou que faz questão de reforçar nos materiais que a grafia correta é com “L”, e que “digital com ‘U’ é apenas um jeito bem-humorado e publicitário de apresentar o novo apelido do Itaú para sua atuação no mundo digital.” .

Assista ao comercial que deu origem a toda essa história:

E você, o que está achando disso tudo? Compartilhe sua opinião com a gente nos comentários!

Veja este e outros destaques em nosso canal no Youtube:

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Digitau: Conar abre processo pra analisar comercial do Banco Itaú

Por: Matheus Ferreira

Quando o Itaú decidiu colocar a audaciosa campanha Digitau no ar, eu me lembro de ter comentado aqui que ela ainda iria dar muito o que falar. Afinal, juntar crianças com uma escrita “errada” é basicamente uma receita inflamável.

E não deu em outra. Após receber cerca de 15 denúncias de consumidores descontentes com a influência negativa do comercial para a formação das crianças, o CONAR decidiu abrir um processo para investigar a peça com base em seu código de autorregulamentação que traz regras claras sobre o público infantil.

Banco DigITAU

Eu não vejo muitos problemas. Aliás, acho que esta campanha se parece muito com a adotada pelo Bradesco há alguns anos, onde uniram o nome do banco à palavra “completo”. Mas utilizar crianças no anúncio é algo que eu não teria arriscado. Ainda mais neste primeiro momento.

Além do mais, acho que faltou deixar mais claro no comercial que a palavra Digitau era resultado de uma junção de duas palavras diferentes. Uma mudança de cor para o “itau” se diferenciar do “digi” já seria suficiente, pra mim.

O processo só será iniciado em março, ainda assim, a repercussão do comercial nas redes sociais já não foi das melhores. Em um mundo onde cada vez mais as pessoas querem opinar sobre tudo, as propagandas viraram alvo-fácil.

[Atualizado em 29/01/2016 – 16h55]

Após a polêmica o Itaú decidiu liberar um vídeo explicativo sobre o conceito do “Digitau”. Veja abaixo:

Ao AdNews a Africa, agência responsável pela campanha, disse que a campanha “Itaú Digital” tem como objetivo promover os canais de atendimento digitais do banco. E ainda afirmou que faz questão de reforçar nos materiais que a grafia correta é com “L”, e que “digital com ‘U’ é apenas um jeito bem-humorado e publicitário de apresentar o novo apelido do Itaú para sua atuação no mundo digital.” .

Com amor, GKPB. <3

Comentários