O que vimos de legal na Brasil Game Show 2016

Por: Matheus Ferreira

Visitar grandes eventos é sempre uma ótima maneira de interagir com o público e captar mais de perto o impacto das marcas nos consumidores. Com esse intuito eu decidi ir pela primeira vez a uma edição da Brasil Game Show, a maior feira de games da América Latina e abaixo eu conto pra vocês um pouquinho de tudo o que eu vi de legal por lá. Vem!

Do fliperama ao tablet

jogos-cartas-brasil-game-show-blog-gkpb

A BGS esgotou os ingressos para sábado e domingo, isso dá pra ter uma ideia do quão gigantesco é o público atingido pela feira. Dessa forma, deu pra perceber que embora alguns assuntos tivessem uma preferência maior, houve espaço para todo mundo se divertir naquilo que achava mais bacana.

Dentro do evento as possibilidades eram muitas. Houve um espaço apenas com jogos clássicos de fliperama, máquinas de dança (aquelas da época em que ninguém sabia nem o que era sensor de movimento e a gente tinha que pisar numas setinhas em diagonal), pinball, etc.

Em um outro momento nos deparamos com jogadores assíduos disputando uma partida de cartas, em outro, bem as pessoas estavam desesperadas por um game de tablet chamado Clash Royale que eu só conheço porque acabei vendo uma propaganda com o Adnet na TV esses dias. Houve até um campeonato deste último. Que vamos falar mais pra frente.

Youtube

stand-youtube-gaming-2-brasil-game-show-blog-gkpb

Entre os stands das marcas, houve muita coisa bacana. O Youtube levou uma legião de pessoas enlouquecidas por alguns youtubers gamers aos quais eu nunca tinha ouvido falar na vida, mas quando apareciam era uma loucura que só. Ainda no stand do Youtube uma tirolesa levava os mais corajosos de um lado ao outro. Era uma experiência bem legal.

Playstation

realidade-virtual-playstation-brasil-game-show-blog-gkpb

A Sony apostou num stand maravilhoso para o Playstation que tinha um espaço reservado para a sua tecnologia de Realidade Virtual. Pelo que vimos os jogos não tinham lá um grande destaque no que se referia a gráficos, mas todo mundo queria experimentar. As senhas para jogar esgotavam logo no início do dia.

O mundo Ubisoft

just-dance-geral-brasil-game-show-blog-gkpb

A área da Ubisoft era um espetáculo à parte. Cada lado do stand trazia uma temática diferente. Rainbow Six, Just Dance, Bate Papo com Youtubers, promoções. Se fosse necessário escolher um lugar para passar a BGS toda, quem escolheu ficar por perto do stand da Ubisoft não ia sentir falta de quase nada.

WB Games e EA

wb-arena-brasil-game-show-blog-gkpb

O stand da Warner Bros Games e da EA trazia muita novidade. Os lançamentos Street Fighter V, Lego Worlds e Fifa 17 estavam lá disponíveis para que o público pudesse ter uma primeira experiênca com as novidades. Resident Evil VII também foi bastante promovido, mas eu não consegui ver ninguém jogando o game.

Supermax

supermax-brasil-game-show-blog-gkpb

A Globo ainda promoveu o Brasil Game Jam, uma maratona de 48 horas para que alguns desenvolvedores fizessem seus games sobre a série Supermax que vai estrear no canal aberto ainda este mês. A equipe mais votada vai conhecer os estúdios da emissora e ganhar um mini drone.

stand-twitch-2-brasil-game-show-blog-gkpb

Fora isso, a loja Toy Show levou uma verdadeira avalanche de produtos Geeks para deixar qualquer um querendo levar tudo pra casa. E os stands do Twitch e Submarino também surpreenderam pela beleza.

Galeria de Fotos da Brasil Game Show

O silencioso fenômeno Just Dance

just-dance-torneio-brasil-game-show-blog-gkpb

Se por um lado muitas das experiências exigiam mais da cabeça, o Just Dance fez todo mundo dançar. No stand da Ubisoft aconteceu um torneio do Game, onde aproveitaram para demonstrar a versão 2017 que traz o sucesso Bang de Anitta.

Enquanto os participantes do torneio lutavam por uma vaga no mundial de Paris, que acontece em fevereiro do ano que vem, uma boa parte do público que estava assistindo aproveitou pra cair na dança junto. O resultado era bem bacana de se ver.

Counter Strike

brasil-game-cup-brasil-game-show-blog-gkpb

Eu nem sabia que Counter Strike ainda era capaz de movimentar uma legião de fãs como pude ver na Brasil Game Show. A final do torneio de Counter Strike: Global Offensive reuniu uma multidão de gente para assistir a equipe que levaria o prêmio de R$ 15 mil.

Brasil Game Show

hyper-brasil-game-show-blog-gkpb

Participar da BGS é quase como ingerir uma dose de juventude misturada com nostalgia. Com 25 anos eu já preciso me esforçar pra entender as motivações de sucessos como Minecraft e LOL, enquanto ainda fico extasiado quando vejo grandes clássicos “da minha época” como Resident Evil, Killer Instinct e Street Fighter.

E talvez esta seja a grande sacada do mundo dos games: a capacidade de se renovar de forma democrática, sem deixar pra trás o público que viu a brincadeira de criança virar um negócio gigantesco.

Acompanhe a cobertura dos eventos em tempo real no nosso Snapchat: gPublicitário.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Life Is Short: O sensacional anúncio do Xbox banido do Reino Unido em 2002

Por: Matheus Ferreira

No remoto ano de 2002 um comercial para o Xbox, da Microsoft, deu o que falar no Reino Unido.

No anúncio Life Is Short (a vida é curta), um bebê voa pela janela logo após o nascimento e vai se desenvolvendo no ar até cair, velho, em um túmulo. Ao fim o título: “A vida é curta, jogue mais”. Veja o vídeo:

De acordo com a BBC, vários usuários chegaram a se manifestar formalmente contra o anúncio. Desde uma mãe que havia perdido um bebê, até pessoas de idade que haviam passado por doenças graves (aparentemente ninguém do público de video-games). Todos alegando extremo mal estar causado pela peça.

A Microsoft tentou argumentar que a abordagem tinha como intuito um incentivo à vida, mas ainda assim a Comissão Independente de Televisão (ITC) do Reino Unido manteve a sugestão de retirada da campanha do ar.

Mas ainda bem que a Internet existe e ele foi eternizado pra que a gente continue a se inspirar em boas ideias.

Via Job & Café, no Facebook.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

PlayBox: um laptop que roda jogos do PlayStation 4 e Xbox One

Por: Matheus Ferreira

PlayStation 4 ou Xbox One? Que bom seria se existisse um console rodando jogos dos dois não é mesmo? Então prepare-se pra essa maravilha que vai acabar com o dilema da vida de muita gente. O PlayBox.

Esse cara maluco chamado Eddie Zarick resolveu unir os componentes internos do PS4 e do Xbox One dentro de uma espécie de notebook gigante com uma tela de 22 polegadas Full HD para agradar a gregos, troianos e me matar de inveja.

Veja o vídeo:

Zarick já fez outras alquimias como um Xbook One e um PlayBook 4, onde o processo é basicamente o mesmo, de remover somente os componentes internos dos consoles e os adaptar a uma caixa com tela acoplada, para ajudar na mobilidade.

E a melhor parte é que o PlayBook e o Xbook estão à venda nos EUA por cerca de 1,5 mil dólares. O que é em torno de 3 vezes o valor dos consoles por lá. Mas, cara. Olha isso!

playbox-playstation-4-xbox-one-por-dentro-blog-geek-publicitario

O PlayBox ainda não tem um preço oficial, mas pelos seus irmãos já dá pra ter uma ideia de que não deve sair por menos de US$ 3 mil.

Se ele pode realmente fazer isso eu não tenho a menor ideia. Eu só sei que eu quero essa bugiganga na minha casa agora.

Com informações de: Olhar Digital, The Verge e Eds Junk.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

O curioso caso da foto de um Xbox na página de amigos do Facebook

Por: Matheus Ferreira

Ontem eu estava aqui no escritório acompanhando o Geek Publicitário quando o Henrique, que me ajuda no Blog me pediu pra ver uma coisa estranha que estava acontecendo no Facebook dele.

Na página de amigos não estava lá o ícone de amigos, mas sim uma foto de um video-game Xbox completamente desconhecido por qualquer um de nós dois em cima de uma cama. Ficou difícil de imaginar isso? Eu ilustro:

print-porque-facebook-aparecendo-foto-xbox-pagina-amigos-blog-geek-publicitarioDe alguma forma maluca os servidores do Facebook estavam mostrando uma imagem de um Xbox em cima de uma cama ao invés do saudoso ícone de amigos do Facebook.

friends-icon-24-facebook-app-blog-geek-publicitario

De início eu pensei que fosse alguma maluquice que tivesse ocorrido na máquina dele, mas pra tirar a dúvida, entrei no meu computador e aconteceu o mesmo. Depois alguns amigos relataram a mesma experiência e em algumas buscas pelo Twitter outros usuários mencionaram o bug.

imagem-xbox-em-cima-cama-pagina-amigos-facebook-reproducao-blog-geek-publicitario

Eu ainda não consegui concluir nada, porque aparentemente aconteceu por pouco tempo, mas ainda está aparecendo pra muita gente por conta do cache do cão que o Facebook usa. Outro fato curioso é que já vai fazer dois dias que percebemos o problema e nenhum site publicou nada a respeito do bug.

Se você quiser voltar a ver o ícone normal é só limpar o cache para o seu navegador. No Chrome isso é feito de maneira simples com um crtl + shift + R.

Eu já reportei o bug pelo Facebook em Inglês e Português PT-BR, mas até agora não me responderam nada. Aparentemente o que resta é esperar…

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Vídeo compara gameplay com vídeo real e mostra que os vídeo-games já podem nos confundir

Por: Matheus Ferreira

O usuário DigiProst faz diversas comparações de gameplays em sua conta no Youtube, mas uma comparação chamou a atenção dos enstusiastas de games e tecnologia. O vídeo abaixo compara um gameplay de Forza 5, um jogo para Xbox One, com um vídeo real gravado no autódromo de Laguna Seca, na Califórnia.

Em alguns pontos a semelhança é tanta, que você chega a considerar que a versão do game seria plausivelmente mais “real” que a gravação.

O canal ainda faz outras comparações como essa em que a pista do Gran Turismo 6 conserva praticamente toda a riqueza de detalhes encontrados na pista real.

Eu me lembro que me impressionava com os gráficos do primeiro Gran Turismo, láááa nos remotos tempos onde jogava a primeira geração do console da Sony. Ficava sempre imaginando o que poderia ver com o avanço da tecnologia dos games. Mas não esperava ver resultados tão surpreendentes em tão pouco tempo.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Obrigado, Sony, por fazer a Microsoft aumentar em R$ 100,00 o preço do Xbox One no Brasil

Por: Matheus Ferreira

É aquela coisa, se você não tem concorrentes, você pode deitar e rolar. É o que está fazendo a Microsoft depois do anúncio por parte da Sony de que o Playstation 4 custará R$ 3999,00. A empresa anunciou hoje em um evento na Brasil Game Show 2013 que seu console Xbox One custará R$ 100,00 a mais quando sair da pré-venda.

É errado? Não. É justo? Talvez. Mas eu nunca faria isso. Estamos falando de um video game, não de um mercado de ações.

Acho que tudo bem, pode ser até que essa estratégia já estivesse nos planos da Microsoft, até mesmo porque a empresa tem um histórico meio estranho de estabelecimento de preços a seus produtos. Mas eu acho que agora seria o momento da Microsoft se firmar no preço, e não parecer uma oportunista perante o consumidor, que aproveitou de uma oportunidade pra aumentar suas margens de lucro por aqui. OK, mundo dos negócios e blá blá blá, mas eu estou falando aqui de Branding. Construção e desconstrução de uma imagem na cabeça do consumidor.

Eu estou bem confiante de que o preço do Playstation 4 terá uma queda brusca por aqui até o seu lançamento. Até mesmo porque, depois do impacto negativo, a Sony vai ter que ralar muito pra conseguir resgatar o prestígio que sempre teve com o Playstation.

Enfim, esse era o momento da Microsoft ser a boazinha da história, não a oportunista. Mas ser bonzinho não paga as contas de ninguém. Enquanto isso, os prejudicados da história somos nós.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Conheça o Xbox One. O novo console da Microsoft

Por: Matheus Ferreira

Ontem foi um grande dia para os gamers. A Microsoft anunciou a atualização de seu console Xbox. O videogame será lançado no mundo todo até o final do ano e tem como intenção fazer frente não só seu principal rival Playstation 4, mas também todo um mercado de tablets e games mobile e entretenimento. Com esse intuito é apresentado o Xbox One. Seu videogame e mais do que isso: sua central multimídia.

All In One

O Evento

Ao entrar no site do Xbox hoje eu me deparei com o vídeo com locução em português por cima, o que significa que a preocupação da empresa com os usuários ao redor do mundo e principalmente conosco, brasileiros, que antigamente não tínhamos nem jogos em PT-BR é relevante. Eu não entrei no site do evento ao vivo, portanto, embora acredite que a tradução foi simultânea, não posso afirmar isso, mas independentemente, é um detalhe que com certeza fez a diferença.

Hardware

Uma coisa era certa. Os videogames precisavam urgente de uma atualização urgente. Os dois principais players do mercado Xbox 360 e Playstation 3, apesar de rodarem grandes títulos com gráficos de impressionar, possuem um hardware ridículo, que além de limitar a criatividade dos desenvolvedores é quase como comprar um computador de oito anos atrás e pagar um preço de hoje em dia.

O hardware do Xbox One é o que se espera de um console lançado em 2013: CPU octa-core, 8GB de memória RAM, HDD de 500GB, drive de Blu-ray, Wi-Fi direct, HDMI e USB 3.0.

specs

Design

Por mais que a Sony tenha dado todos os detalhes de jogos, especificações e blá, blá, blá… O fato do console físico não ter sido apresentado deixou um buraco no lançamento. Como será o console? Será que ainda não está pronto? A Microsoft sabe disso, tanto que fez questão de mostrar sua preocupação estética com o produto, mesmo sabendo que esse não deveria ser o foco do evento e, no fim, o fato do consumidor ter uma imagem para guardar na cabeça é algo bem melhor que números e especificações.

ku-xlarge-82

Se as formas retangulares e planas foram a grande aposta da Microsoft no software, com o Windows 8 e Windows Phone, no âmbito do software não poderia ser diferente. O Xbox One abandona aquele formato de videogame da Xuxa, meio em “X” e dá lugar a um design mais futurista e com um ar mais sério puxando um pouco pra Bauhaus. Algo tão sutil e simples que em menos de 24 horas já tinha ganhado um apelido. Vídeocassete.

O novo Kinect

kinect

O Kinect 2 surpreendeu todas as minhas expectativas. O Kinect é agora o grande cérebro de inteligência do Xbox. Além de captar movimentos ele é o resposável por interpretar comandos de voz.

Controle de voz

Parece mesmo que o controle por voz iniciado pela Siri no iPhone lá em 2011 é mesmo a grande aposta da indústria tecnológica. De lá pra cá os recursos de voz já foram introduzidos nos mais variados dispositivos e agora chegam também ao Xbox One.

O Kinect será vendido junto com o console e se tornou praticamente parte do videogame. Quando o usuário diz “Xbox On” ele liga e já vai automaticamente para o perfil da pessoa que ele identificou a voz. Sinistro, não?

kinect2

Uma vez logado no sistema a maioria dos recursos podem ser ativados via comando de voz: basta dizer “Watch TV”, por exemplo, e a programação de TV ao vivo é acionada (isso não ficou muito claro de como será feito nem se funcionará com nossa frequência de TV por aqui).

Reconhecimento de movimentos

tudosobrexboxone_kotakubr04

Com um novo sensor de 1080p que capta imagens a 60fps o Kinect 2 consegue captar muito mais informações de movimentos e os benefícios dessas novas informações já foram exemplificados, como a capacidade de rastrear movimentos do pulso e até mesmo ler seus batimentos cardíacos enquanto você se exercita, mas nas mãos de grandes desenvolvedores é que veremos todo o potencial que esta nova ferramenta irá proporcionar.

Controle

controle

Eu nunca fui muito fã do controle do Xbox. Sempre achei uma coisa feinha e pouco ergonômico. O novo controle promete resolver todos esses problemas e proporcionar novas experiências, como feedback nos gatilhos e a reconstrução dos botões direcionais.

E aí?

Se o lançamento for realmente mundial, as chances do Brasil ser incluído na lista dos primeiros lançamentos é grande, visto a importância que as empresas de tecnologia têm dado ao país nos últimos eventos, mas o fator principal será o básico: preço. Se Smartphones estão ultrapassando facilmente a barreira dos R$ 2000,00, o preço do console por aqui tem tudo para ser tão exorbitante como tudo o que costumamos comprar relacionado a tecnologia por aqui.

Agora resta e esperar e ver com a quem vamos entregar todas nossas economias: Microsoft ou Sony?

Com amor, GKPB. <3

Comentários

IllumiRoom Project é a inovação dos games mais insana que eu já vi nos últimos tempos.

Por: Matheus Ferreira

Com a iminente chegada de uma atualização do Xbox 360, um rumor bastante plausível começou a circular na internet. O IllumiRoom, descrito como um projeto entre a Microsoft e a Universidade de Illinois em Urbana-Champaign, é uma daquelas tecnologias tão aceitáveis que você chega a pensar: “Como ninguém pensou nisso antes?”

Ao escanear o ambiente com um Kinect Digievoluído e um projetor, o IllumiRoom projeta imagens que dão um novo significado ao conceito de imersão em games. E o melhor, a tecnologia é tão legal que no próprio vídeo é demonstrado o funcionamento da ferramenta em outras áreas, como na visualização de filmes, por exemplo.

Mal posso esperar o dia 21 para ver se a Microsoft irá realmente implantar esta tecnologia e ver quais serão as novidades do novo Xbox.

Com amor, GKPB. <3

Comentários