Catho aposta no bom humor para divulgar plataforma

Por: Matheus Ferreira

A Catho não é daquelas companhias que investem muito em propaganda, mas dessa vez eles apareceram apostando no bom humor com comerciais que fogem do comum para divulgar alguns de seus serviços para aqueles que estão procurando emprego.

Os comerciais apostam em algumas situações inusitadas e constrangedoras que cercam o dia-a-dia de quem está procurando um novo trabalho, ou em busca de um profissional qualificados.

No primeiro podemos ver aquela clássica história do candidato que insiste em colocar um email nada profissional no currículo:

— Deixa eu conferir seu currículo aqui: [email protected]?

No segundo anúncio, Detector de Mentiras, a candidata já cansada de ficar com dúvidas em entrevistas, decide então instalar um polígrafo no entrevistador para se certificar que as informações são verdadeiras:

Leia também:  Skol volta a debater comentários preconceituosos com ajuda de Gretchen, Palmirinha e memes

— Quando você diz: “salário”, ele está na média do mercado, ou você tá dando aquela valorizada?

Já no terceiro e último comercial da campanha, o Casaquinho, é mais um daqueles tapas na cara dos candidatos que acham que o mercado de trabalho vai pegar leve, deixando claro que o entrevistador não vai tratá-lo como uma mãe faria.

— […] Pode começar agora mesmo. E você pode contar comigo pra qualquer coisa. Aliás… Eu deixei um casaquinho na sua cadeira. Vai que esfria, né?

Catho

“Nossa nova campanha reforça a vocação da Catho de apoiar o profissional brasileiro, ajudando-o a se preparar para ter o melhor resultado na busca por um emprego. A Catho oferece uma série de recursos que podem ser valiosos nesse momento de maior competitividade no mercado de trabalho”, afirma João Gonçalves, diretor de marketing e comercial B2C da Catho.

Leia também:  Rodrigo Hilbert é o novo Alfredo de Neve

A criação é da LDC.

Com amor, GKPB. <3
Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários