Japão surpreende em anúncio dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Por: Colaboradores

Durante a cerimônia de encerramento dos Jogos Rio 2016, muita coisa surpreendeu os brasileiros e visitantes de todo o mundo. Como é típico da natureza brasileira, a festa acabou em carnaval, recheada com muitas cores, música e vida as emoções não acabaram por ai.

Uma das partes mais simbólicas e esperadas pelo público é a troca do bastão, onde o próximo país, que nesse caso é o Japão, anuncia a chegada dos Jogos em seu País.

O vídeo que iniciou essa parte da cerimônia exibia vários cruzamentos famosos das ruas de Tóquio e a participação dos seus atletas, em suas devidas modalidades, competindo.

O que surpreendeu a todos foi, é claro, a participação dos ícones japoneses que todo mundo conhece, no vídeo você pode ver personagens famosos como: Capitão Tsubasa, Doraemon, Pac-Man, Hello Kitty e Mário Bros. Muitos internautas sentiram a falta de muitos outros personagens, contudo o vídeo iria precisar de mais de uma hora para que todos ganhassem um espaço.

Leia também:  Nintendo vai relançar novo Super Nintendo em setembro

A parte mais inusitada veio quando o primeiro ministro do Japão (Shinzo Abe), surgiu no meio do Maracanã fantasiado de Mário, dando continuação ao vídeo e anunciando os jogos no País.

Nintendo seria a maior patrocinadora dos Jogos Tóquio 2020?

Logo após o encerramento das Olimpíadas 2016 e o lançamento do vídeo de Tóquio 2020, a Fast Company se fez uma pergunta que começou a indagar muitos! Seria a Nintendo a maior patrocinadora – não oficial – dos Jogos Tóquio 2020?

O momento não fez só com que a internet explodisse como também elevou a ações da Nintendo em 3,5% depois do episódio inusitado.

Para o site é como se o presidente dos EUA surgisse vestido de Capitão América em Tóquio fazendo o convite para os Jogos de Los Angeles em 2014.

Leia também:  Havaianas lança chinelos inspirados em Super Mario

O que indaga o site, que também nos fez parar para pensar aqui na redação do GKPB, é que a Nintendo não é uma patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos, o que, como diz a Fast Company “é uma desculpa para não desenrolar os US$ 200 milhões, para se tornar um patrocinador oficial, como a Coco-Cola, McDonald’s, Sansung e Visa” além disso a FC também se pergunta “Se até o primeiro ministro eles conseguiram vestir de Mário, imagine como será em Tóquio?”

Acho que podemos esperar algumas arenas olímpicas só para casadores de Pokémons e uniformes especiais de desenhos que encontramos nos animes e jogos.

Por Pedro Ribas.

Com amor, GKPB. <3

Comentários