Postos Ipiranga pedem suspensão de paródia de João Dória

Por: Matheus Ferreira

A rede de postos Ipiranga conseguiu na justiça uma liminar que proíbe o candidato à prefeitura de São Paulo João Dória de continuar veiculando os comerciais que fazem uma paródia da campanha “Pergunta lá”, criada pela agência Talent Marcel.

O vídeo do João Dória tinha dado o que falar justamente pela sacada em utilizar de um conceito muito trabalhado e bem-sucedido pelos postos Ipiranga e ironizar as campanhas de seu principal adversário político: Fernando Haddad, do PT.

— Amigo.
— Sabe onde eu encontro gente bem feliz com o prefeito?
— Lá na propaganda do PT.
— E praça com Wi-Fi funcionando?
— Propaganda do PT.
— E escola com bastante computador?
— Propaganda do PT.
— Cê não fala outra coisa?
— Ó… Cuidado com o radar hein!

João Dória vs postos Ipiranga

Ao Meio & Mensagem a rede Ipiranga informou que não foi consultada previamente e que não concedeu seus ativos publicitários ao candidato do PSDB. Ainda de acordo com a empresa, “A companhia respeita a pluralidade democrática e faz questão de se manter neutra em pleitos eleitorais”.

Leia também:  Luan Santana do Metal é ação da Snickers

Campanha original, veiculada pelos postos Ipiranga virou um clássico da publicidade brasileira.

Os vídeos já foram removidos dos canais oficiais de João Dória na manhã desta quinta-feira, dia 8. No entanto, como tudo o que vai pra internet, é praticamente impossível evitar a proliferação. No Youtube, uma breve pesquisa revela diversos resultados contendo o vídeo proibido.

Ao jornal Folha de S.Paulo, a assessoria do candidato afirmou que “a campanha não afronta a legislação autoral e tampouco a eleitoral”.

Com informações de Meio & Mensagem.

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários