Na contramão do mercado, Veja aumenta circulação em 7,8%

Por: Matheus Ferreira

Enquanto o mercado editorial de modo geral vive um cenário de “salve-se quem puder”, a revista Veja, velha conhecida do mercado brasileiro, está comemorando  um significativo crescimento na sua circulação.

Comparando os dados de janeiro de 2016 e janeiro de 2017 a revista registrou 7,8% de crescimento, passando da média de 1.118.085 exemplares vendidos no ano passado para 1.205.086 exemplares vendidos neste ano. Além disso, a média de circulação por edição no segundo semestre de 2016 foi 2,5% superior à do primeiro semestre. Considerando impresso e digital.

Quando o assunto é acesso ao portal da revista na internet, os números ficam ainda melhores. Recentemente a Veja bateu o recorde de acessos em seu site com 23,2 milhões de visitantes únicos, o que significa 142% de crescimento. A receita de publicidade também acompanhou o ritmo, registrando 48% de aumento.

Leia também:  Com Ana Paula Padrão, Claudia apresenta novo posicionamento: #EuTenhoDireito

Segundo Maurício Panfilo, gerente da área de Pesquisa e Inteligência de Mercado da Abril, “os números do impresso e do digital contabilizados em janeiro permitiram que VEJA alcançasse a maior circulação dos últimos dois anos”, afirma.

Com amor, GKPB. <3
Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários