As 10 marcas mais amadas no Brasil pelos consumidores em 2017

Por: Matheus Ferreira

A agência de pesquisa de mercado Officina Sophia acaba de divulgar o resultado de uma pesquisa muito interessante que está ranqueando as marcas mais amadas pelos consumidores brasileiros em 2017.

Neste ano a grande vencedora foi a Nestlé, que pela primeira vez conseguiu garantir o posto, ao lado de marcas gigantes de grife como Swarovski, Louis Vuitton, Victor Hugo, Sadia, Havaianas, Ferrari, Nike, Lamborghini, MAC, entre outras.

Confira o ranking das 10 marcas mais amadas no Brasil

PosiçãoMarcaPontuaçãoMarca de Grife
1Nestlé118
2Swarovski115*
3Louis Vuitton111*
4Victor Hugo109*
5Sadia107
6Havaianas106
6Ferrari106*
7Nike103
8Lamborghini98*
8Marc Jacobs98*
9MAC96*
10Harley-Davidson95*
10Adidas95
Leia também:  RBS TV vai assumir novo nome em Santa Catarina

Vale lembrar que a Nestlé não é uma companhia originariamente brasileira, mas a conexão da marca com os consumidores por aqui é muito forte a ponto de muitos acreditarem que se trata de uma marca nacional. Isso por conta da longa relação da marca com nosso país, onde está presente desde pelo menos 1876.

Por outro lado, a primeira empresa brasileira a aparecer no ranking é percebida por muitos como uma marca internacional, mas nasceu em solo brasileiro: a Victor Hugo ocupa a 4ª posição, seguida por Sadia e Havaianas.

Este ranking é resultado de um trabalho de pesquisa realizado pelo instituto Officina Sophia, onde foram ouvidas 1.512 pessoas, entre homens e mulheres, de 18 a 59 anos, das classes A, B e C, nas regiões Sul, Sudeste (São Paulo, capital e interior; Rio de Janeiro; e Belo Horizonte) e Nordeste.

Leia também:  Nescau Cereal traz porta-cereal dos Minions de brinde

A escala do ranking vai de -200 a 200, onde quanto mais próximo do 200, maior a intensidade do amor do consumidor por determinada marca.

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários