Skol desconstrói estereótipos em campanha “Quem é essa pessoa?”

Por: Matheus Ferreira

Imagine a seguinte cena: você entra em um ambiente e encontra um novelo de lã e agulhas de crochê. A quem você acha que pertenceriam estes objetos? A uma mulher? Com seus mais de 50 anos? Pois bem, a Skol quer que você pare pra pensar nisso em sua nova e sensacional comercial “Quem é essa pessoa?”.

No comercial, os convidados são perguntados sobre quem eles acham que são os donos de alguns objetos recolhidos nas casas das algumas pessoas selecionadas previamente justamente com o intuito de quebrar estereótipos. O resultado você confere abaixo:

Quem é essa pessoa? – Skol

O Geek Publicitário esteve presente durante as gravações e conferiu a gravação da campanha com o Thiago Rezende, de 35 anos. “Eu tenho um baita orgulho desse trabalho. Quando eu tiro meu trabalho e começo a fazer no meio das pessoas, eu sinto que é uma militância, sabe. Espero que as pessoas recebam isso de forma positiva.”

Leia também:  Com Palmirinha, Skol comenta milho na composição da cerveja

Na ocasião, falamos ainda com outros participantes, que explicaram um pouco sobre o que sentiram ao ter suas convicções confrontadas. Samuel Dutra, 30, tecnólogo em Gestão de Turismo nos disse que ficou surpreso pelo fato da temática ser abordada pela Skol. “Não tem cara de comercial de cerveja. Pra mim a quebra de paradigma já começa aí”.

Já para Iris Sayago, a campanha é um passo adiante, principalmente por ser um comercial de cerveja: “Eu sou velha, gorda, e eu tomo cerveja, adoro cerveja […] Você só vê velho na televisão fazendo papel de ridículo.” desabafou ao Geek Publicitário.

A criação é da F/Nazca, com produção da Prodigo Films.

Leia também:  Skol aposta em clipe com KondZilla para promover "Chega quem quiser"

Veja outros vídeos da mesma campanha:

Com amor, GKPB. <3
Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários