Para conscientizar pessoas sobre alergias, a associação End Allergies Together e a BBDO NY criam o "Khil Mi", um Food truck que vende comida envenenada.

Food Truck vende comida “envenenada” em NY em ação da EAT

Por: Igor Caetano

A cultura dos Food Trucks está se espalhando pelo mundo rapidamente e cada vez mais por conveniência e praticidade as pessoas estão consumindo sem pensar duas vezes. Um problema nisso é a falta de consciência que algumas pessoas tem sobre o que podem ingerir ou não.

Pensando nisso, a associação End Allergies Together (EAT) e a agência americana BBDO NY decidiram criar o “Khil Mi”, um Food Truck comandado pelo renomado chef americano Ming Tsai que serve pratos com  “toxinas paralisantes que fazem sua garganta fechar na hora”.

O Food truck que vende comida envenenada estacionou no Square Garden, New York e tinha como propósito conscientizar as pessoas sobre o que elas estão comendo e também fazer com que as elas passassem pela experiência que pessoas alérgicas passam quando estão escolhendo o que comer.

Quando os pedestres perguntavam ao Chef qual os ingredientes dos pratos, a reação de choque era unânime. Um deles inclusive perguntou “Nenhum cliente morreu?”. “Nesta semana não,” respondeu o cozinheiro.

Em 2016, Oakley Debbs, um garoto de 11 anos faleceu por alergia depois de comer uma noz. Apesar da noz ser um alimento muito comum e rico em nutrientes, pode provocar uma morte por reação alérgica. Infelizmente, isso que ocorreu com Oakley é algo mais comum do que parece.

Cerca de 220 milhões de pessoas no mundo são alérgicas e muitos restaurantes não especificam todos os ingredientes de cada alimento, essa falta de cuidado pode acabar sendo muito nociva para alguém. Os alimentos alérgicos mais comuns são: frutos do mar, peixes, trigo, ovos, leite, amendoim e nozes.

Para conscientizar pessoas sobre alergias, a associação End Allergies Together e a BBDO NY criam o "Khil Mi", um Food truck que vende comida envenenada.

O Food truck que vende comida envenenada, foi uma ação que fez parte da campanha da EAT que tem como objetivo a arrecadação de dinheiro para o investimento em diversas pesquisas de tratamento de alergias alimentares.

A associação foi criada em 2015 por famílias afetadas por alimentos alérgicos e estima que isso ocorre com pelo menos 1 criança em 12. Hoje o maior objetivo da EAT é acelerar o tratamento e a cura de alergias alimentícias.

Com amor, GKPB. <3

Comentários