Sarahah: o app para enviar feedbacks construtivos que está virando febre

Por: Matheus Ferreira

O mundo dos apps é um mercado bastante disputado, mas de vez em quando algumas companhias conseguem um sucesso meteórico e depois desaparecem; foi assim com o Secret, com o Kiwi e parece que teremos mais um caso agora com o Sarahah. Um app para envio e recebimento de criticas construtivas para as pessoas.

Como funciona?

O serviço cujo nome significa “franqueza” em português, funciona de forma muito simples: basta criar uma conta e compartilhar o seu usuário com os amigos para que eles possam enviar feedbacks construtivos para você.

A brincadeira passa a ficar mais divertida (ou mais chata, dependendo da sua interpretação) porque estas opiniões são dadas de forma anônima. Ou seja, a ideia é de que as pessoas digam coisas que não diriam pessoalmente ou de forma que se identificassem pelas demais redes sociais.

Leia também:  Skol permite que consumidores criem frases para lambe-lambes do Coala Festival

O problema é que esse fato deixa o Sarahah mais próximo de apps como o Secret, que inclusive foi bloqueado por aqui após ser utilizado como ferramenta para cometer cyberbullying.

Apesar disso, o público parece realmente ter gostado do novo “app da cartinha”. Isso porque no Instagram, Facebook e diversas outras redes sociais, só dá os prints das telas do perfil indicando o nome dos usuários com pessoas pedindo para os amigos enviarem perguntas e críticas.

Vale ficar alerta ao fato de que este app é de um desenvolvedor completamente desconhecido e fornecer informações pessoais e acesso ao seu smartphone a empresas desconhecidas não é uma atitude segura.

Onde baixar

Se mesmo assim você quer experimentar a novidade, pode encontrar o Sarahah para Android e iOS.

Leia também:  Omo entra em polêmica após debater clichês de gênero

Veja este e outros destaques em nosso canal no Youtube:

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários