O novo uniforme do Chapecoense para enfrentar o Barcelona ficou lindo

Por: Matheus Ferreira

Para disputar o troféu Joan Gamper nesta segunda-feira e enfrentar ninguém menos do que o Barcelona em um amistoso na Catalunha, o Chapecoense apostou em uma edição do seu uniforme feito especialmente para a ocasião.

Ainda sob a assinatura da Umbro, o novo uniforme do Chapecoense apresenta uma camiseta gola V branca com 73 estrelas verdes espalhadas por toda a superfície e o escudo do time na lateral direita. Na lateral inferior esquerda é possível ler: “Somos Todos Chape”.

O resultado é sutil e ao mesmo tempo bastante impactante. Poucas vezes um uniforme brasileiro chamou tamanha atenção no quesito design.

Novo Uniforme do Chapeconse – Edição Especial

Ainda que com pouca visibilidade diante do uniforme branco, o time preferiu manter a estrela que representa a conquista da Copa Sul-Americana na cor branca, que simboliza a paz.

Leia também:  RJTV e Bom Dia RJ assumem novo pacote gráfico da Globo

As estrelas espalhadas pela camisa inicialmente parecem representar cada um dos mortos no acidente de avião ocorrido no ano passado, no entanto, são uma alusão à data de fundação do clube, 1973.

Em comparação à importância do acidente na história do clube e até mesmo do futebol brasileiro, parece meio estranho a decisão das 73 estrelas, ao invés de 71, que seria uma homenagem bastante interessante para as vítimas da tragédia. É uma pena.

Outro fato curioso é que, tirando a marca da Umbro, o uniforme não traz qualquer outro patrocinador nas imagens oficiais. Apesar disso, a versão que vai para o campo trará os tradicionais patrocínios da Aurora, Havan e Unimed.

Leia também:  11 tendências do Design Gráfico e da Publicidade em 2018

Ainda assim, o novo uniforme foi um golaço da Chape e da Umbro.

Com amor, GKPB. <3
Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários