Google também entra na onda e adere aos “snaps”

Por: Igor Caetano

Não é nenhuma novidade que os stories começaram no Snapchatt e hoje já estão no Instagram. E no Facebook. E no Whatsapp. Agora é a vez de uma rede não pertencente a Mark Zuckerberg copiar essa função. É isso mesmo, o Google também entra na onda e adere os stories.

Bem, de acordo com uma pesquisa feita pela Cisco: até 2020, 82% de todo o tráfego na internet será gerado por vídeos. Visto o exponencial crescimento populacional mundial e a crescente qualidade dos vídeos, é inegável dizer que os vídeos são o futuro. E o Google mais do que ninguém sabe muito bem disso, a marca fez até um estudo sobre os consumidores de vídeo.

Leia também:  Máscaras: Instagram implementa último grande recurso do Snapchat

Nesse exato momento, o Google está desenvolvendo uma tecnologia que permite que as pessoas criem conteúdos audiovisuais com um modelo parecido com o do “Discover” do Snapchat. De acordo com o Wall Street Journal, o nome da nova plataforma será Stamp.

A marca está em reuniões com grandes canais de mídia como: Mic, The Washington Post, Time Inc, Vox Media e CNN para fazerem parte do projeto. O buscador do Google hoje é o mais utilizado para encontrar qualquer tipo de conteúdo, aliado ao AMP, que é o acelerador de páginas do Google, existem motivos para acreditar que o Stamp não será só mais uma nova e batida versão dos stories.

Leia também:  Warner Bros lança jogo da Mulher-Maravilha em 8 bits

A novidade chega logo após uma notícia ser amplamente divulgada pelos veículos de que o Google teria oferecido 30 bilhões de dólares pelo Snapchat e, assim como o Facebook, não houve êxito. Aparentemente alguém no Snapchat está muito determinado a levar a rede para frente sem a ajuda de nenhum gigante da tecnologia.

Com amor, GKPB. <3

Comentários