Basta dar uma olhada no seu feed do Instagram para encontrar diversas mulheres malhadas, postando foto de suas viagens, look’s e hábitos alimentares.

A valorização de um padrão definido do corpo feminino faz com que muitas mulheres não se sintam representadas, ou até mesmo, que sofram um apagamento perante a chuva de likes que os corpos definidos ganham nas redes sociais.

📸 FGT Member @nikkiworldboss || 📍 Miami, Florida

A post shared by Fat Girls Traveling (@fatgirlstraveling) on

Para divulgar e, ao mesmo tempo, combater a gordofobia, a norte-americana Annette Richmond resolveu criar um perfil no Instagram (Fat Girls Travelingespecífico para a divulgação de mulheres gordas que compartilham conteúdos como viagem e moda.

Leia também:  #MyNameMyGame: campanha mostra machismo dentro dos games

A iniciativa da americana ajuda na representatividade de mulheres que colocam-se fora dos padrões impostos, uma vez que na mídia, só há espaço reservado para aquelas que apresentam corpos curvilíneos, seguindo um mesmo estereótipo.

Confira algumas das publicações:

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.