Globo Mais: Editora Globo reúne todo o seu conteúdo editorial em novo app

Por: Matheus Ferreira

Depois de reunir todo o seu conteúdo audiovisual nos apps Globo Play e Globosat Play, o Grupo Globo decidiu agora unificar também toda a experiência online de seu conteúdo editorial em um só aplicativo: o Globo Mais.

A proposta é de que o Globo Mais seja basicamente um Netflix do conteúdo editorial da Globo, incluindo edições de jornais e revistas como O Globo, Época, Marie Claire, Galileu, Vogue, entre outras.

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente nas lojas de aplicativos Google Play Store e Apple App Store. No primeiro acesso, o app dá 30 dias gratuitos para experimentar o conteúdo, para ter acesso ao conteúdo depois deste período o usuário terá que escolher entre dois planos pagos: o Básico, que dá acesso às últimas notícias e às edições das revistas por R$ 19,90 ao mês; ou o completo, que inclui ainda todo o conteúdo do jornal O Globo por R$ 29,90.

Leia também:  Globo conquista 5 medalhas no PromaxBDA Global Awards

É uma jogada inteligente da Editora Globo para rentabilizar o conteúdo que ainda conseguiu sobreviver às convergências do mundo digital. Aliás, na minha opinião, é um serviço que chega até um pouco tarde demais. Fico com dúvida se realmente haverá um público interessado em desembolsar mais dinheiro diante de tantos serviços de assinatura se tornando cada vez mais indispensáveis, como Netflix, serviços de streaming de música e Globo Play, por exemplo.

Vale lembrar que recentemente, a Editora Abril, que tem bastante tradição no mercado editorial brasileiro lançou também a plataforma Go Read, que tem uma premissa parecida, trazendo mais de 100 títulos para acesso ilimitado.

Leia também:  Globo lança campanha de valorização ao futebol

Para conhecer um pouco mais sobre o Globo Mais você pode acessar o site do serviço clicando aqui.

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários