“Márcia, volta pra mim”: anúncio no Metrô é ação de Marketing ou declaração de amor?

Por: Matheus Ferreira

Quem passasse pela estação Lapa da CPTM, parte da linha de Metrô de São Paulo hoje de manhã podia ver um grande display amarelo com letras em vermelho, trazendo os seguintes dizeres: h”MÁRCIA VOLTA PRA MIM!!! EU TE AMO! [sic]“.

[Atualizado em 30/10/2017 – às 18h43] A ação finalmente chegou ao fim e era realmente uma campanha publicitária para promover um empreendimento na região de Cotia. Veja mais informações clicando aqui.

A placa, nada comum, logo chamou a atenção de quem passava pelo Metrô e em alguns minutos algumas páginas como “São Paulo da Depressão” postaram a imagem, que logo começou a levantar dúvidas em quem via as publicações. Afinal, seria uma ação de Marketing, ou só alguém que tinha feito uma burrada tão grande a ponto de pedir desculpas pagando anúncios pela cidade?

Leia também:  Renner divulga vídeo para celebrar o Dia dos Pais

Em uma rápida busca pela internet, nós encontramos algumas outras menções a propagandas parecidas. Em 16 de outubro um usuário do Twitter mencionou um cartaz parecido “em caucaia tem dois outdoor gigante ‘marcia volta pra mim eu te amo’ [sic passim]“.

Outro usuário ainda mencionou “gente hoje eu tava na rua andando eai tinha tipo um cartaz bem grande escrito MÁRCIA VOLTA PRA MIM!!! TE AMO!! [sic passim]“. O que nos leva a crer que não foi um anúncio isolado, mas ainda não parece ser exatamente uma campanha publicitária.

No entanto, ainda que Márcia seja realmente amor da vida de alguém, essa pessoas tem que ter não só muito amor para dar, mas também muita grana. Nós fizemos uma cotação para saber quanto custaria um painel deste tipo no Metrô e o investimento mínimo seria de R$ 7.872,00. O que justifica o fato de não vermos pessoas físicas investindo nestes painéis com frequência e pesa para o lado de uma campanha publicitária.

Leia também:  Mães falam com filhos sobre racismo em novo comercial da P&G

Márcia Volta Pra Mim!!! Eu te amo!

A ação é um pouco parecida com o que já vimos antes no caso “A Vida de Robson” e até mesmo da ação #UmBrindeÀVidaReal da Smirnoff, no entanto, o que mais intriga é que desta vez não há qualquer preocupação estética com o cartaz e há até erros de ortografia na peça. Algumas pessoas lembraram que sujeito deve ser sempre separado do vocativo por vírgula e que não há espaço antes da pontuação.

Nas redes sociais o público, claro, não perdoou. “Eu espero de verdade que isso seja uma jogada de marketing e não quero acreditar que existe um imbecil desse calibre.” dizia um dos comentários com mais reações.

Leia também:  J.J. Jackson e Rodrigo Santoro estrelam novo comercial da Budweiser

Se eu pudesse chutar algo, eu diria que realmente se trata de alguém que quer muito a desculpa de alguma pessoa. Mas meu coração publicitário torce para que seja alguma ação que ainda vejamos o desenrolar. Por enquanto, o que resta mesmo é aguardar.

Veja este e outros destaques em nosso canal no Youtube:

Imagens: Mary Costa. Via São Paulo da Depressão.

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários