CBO vai deixar cardápio do McDonald’s após 6 anos

Por: Matheus Ferreira

Depois de 6 anos reinando no McDonald’s quando o assunto é frango, o clássico sanduíche Chicken Bacon Onion, conhecido como CBO, deve deixar o cardápio da rede já a partir da semana que vem.

A informação foi obtida com exclusividade pelo blog Geek Publicitário. Além do CBO, outro velho conhecido do público também irá deixar o cardápio no próximo dia 14: o Deluxe Bacon. A ideia é que eles sejam substituídos pelos sanduíches da linha premium Signature: ClubHouse e ClubHouse Chicken. Este último chegará ao cardápio ao mesmo tempo em que seus irmãos mais velhos saem de cena.

Fim da linha para o CBO

O CBO desempenhou um papel bastante interessante no McDonald’s. O sanduíche que chegou ao Brasil em 2011 foi um dos pioneiros na categoria premium, ao lado dos então Angus Deluxe e Angus Bacon. Mesmo por um bom tempo fora do centro das comunicações do McDonald’s, não era difícil encontrar amantes do CBO.

Leia também:  Bob's lança Batata Canoa com Cheddar e Chili
Novo ClubHouse Chicken deve ser o principal substituto do CBO no cardápio do McDonald’s.

Além do ClubHouse, outro item da linha Signature deve trazer novidades: o Crispy Onion Barbecue Chicken é uma versão do já conhecido sanduíche com carne de frango.

O McDonald’s ainda está preparando outra grande novidade para os fãs da linha Signature. Se trata de um sanduíche sabor 4 queijos, que deve levar o nome de 4 Formaggi. Nós iremos publicar mais informações sobre ele em breve. Para ficar por dentro de todas as novidades, mantenha-se conectado com nossas redes sociais.

Vale lembrar que estas informações foram conseguidas com fontes confiáveis e podem ainda sofrer alterações até o próximo dia 14.

Veja este e outros destaques em nosso canal no Youtube:

Leia também:  Cheddar McRib Barbecue: McDonald's lança sanduíche sabor costela

Com amor, GKPB. <3

Publicado por

Matheus Ferreira

Matheus Ferreira, 26. Publicitário e fundador do Geek Publicitário. Falo sobre Publicidade, TV, Design e Tecnologia.

Comentários