Se você dormiu por meados de 2006, então não deve saber que as plataformas de jogos online estão dominando a internet. Com isso, o público tanto feminino como masculino, adotaram os jogos como uma maneira de passar tempo – e até mesmo de trabalho.

A campanha intitulada #MyGameMyName mostra como as mulheres sofrem com o assédio até mesmo nas plataformas ditas inofensivas. O vídeo apresenta a partida de um jogo, no qual, alguns gamers famosos são convidados a jogar utilizando name’s femininos.

O resultado não foi outro: diversos comentários machistas, indo desde a convites para abrir um chat privado à expressões de abuso. A campanha veio para mostrar a dificuldade que o público feminino tem de participar dos jogos online.

Leia também:  Pokémon Go! vai permitir troca de personagens entre jogadores

O vídeo foi feito a partir de um convite da ONG Wonder Women Tech, utilizando a tag #MyNameMyGame como um aliado ao movimento feminista.

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.