AOC se une a Queen B e Caju para combater o assédio nos games

A AOC tem se aproximado bastante dos gamers nos últimos tempos e agora dá mais um passo importante na mesma direção, se unindo a duas das principais jogadoras de League of Legends do Brasil, Queen B e Caju, para discutir o assédio sofrido por mulheres no universo gamer.

No vídeo produzido para as redes sociais da AOC, as duas jogadoras contam alguns dos desafios de jogar em meio a um grupo majoritariamente masculino e dão dicas para outras garotas de como lidar com o assunto. Assista:

Com o tema “Respeito pelas mulheres no universo dos jogos”, a iniciativa evidencia o desrespeito contra as mulheres que, atualmente, são maioria entre os jogadores brasileiros de games. Segundo a pesquisa Game Brasil 2016, as mulheres já representam 52,6% do público gamer no Brasil – no ano anterior, eram 47,1%.

Leia também:  Riot cria ícone especial para público LGBT dentro de League of Legends

O vídeo foi gravado na House of Gaming, um espaço da AOC criado para os apaixonados por games fazerem novos amigos e se divertirem com outros apaixonados por e-Sports. Nós estivemos lá e mostramos tudo para vocês neste post.

A campanha é assinada pela VML.

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.