Infelizmente muitas autoras fizeram história na literatura, mas não puderam publicar suas obras com seus próprios nomes, e acabaram recorrendo a pseudônimos masculinos para serem levadas a sério em suas famílias, pela sociedade e também pelo mercado editorial na época.

A própria J.K. Rowling, escritora da saga best-seller Harry Potter já admitiu ter ocultado o “Joanne” de seu nome para poder ter seu primeiro livro publicado. Segundo os próprios agentes literários, seria melhor esconder do público-alvo de Harry Potter que a história havia sido escrita por uma mulher.

E com o intuito de homenagear e até, de alguma forma, reparar este equívoco histórico, a HP decidiu lançar o projeto Original Writers, que recriou as capas de alguns desses livros com os nomes originais de suas autoras com o intuito de dar uma nova perspectiva para os trabalhos destas mulheres.

Leia também:  Lacta lança opção de personalizar embalagens em sua loja virtual

Na etapa inicial do projeto foram sete obras de sete escritoras do século 19 e do começo do século 20. Histórias que acabariam se perdendo no tempo agora podem ser contadas como de fato aconteceram.  George Sand dá lugar à Amandine Dupin na capa de “Valentine”; Fernán Caballero se revela Cecilia B. Larrea em “La Gaviota”; Raoul de Navery se mostra Eugénie-Caroline Saffray em “A Filha do Bosque”; George Eliot é, na verdade, Mary Ann Evans em “How Lisa Loved the King”; Vernon Lee se torna Violet Paget em “The Spirit of Rome”; sai André Léo e entra Victory L. Béra em “Les Deux Filles de Monsieur Plichon” e, por fim, Pierre de Coulevain aparece como Jeanne Philomène Laperche em “Eve Triumphant”.

Leia também:  Avon lança campanha #ImpossívelÉNãoTeNotar com a jogadora Marta

Projeto Original Writers – HP

O Original Writers tem criação da AlmapBBDO e faz parte da plataforma de comunicação “O que é importante, você imprime com os Cartuchos Originais HP”, que reforça os diferenciais da tinta original HP, como o seu desenvolvimento em 5 anos de pesquisa.

As obras estão inteiramente disponíveis (capa e páginas internas) para serem lidas, baixadas e impressas gratuitamente na plataforma do projeto. No site também é possível ler breves resumos sobre as trajetórias de vida das autoras, chamando a atenção ao contexto em que os seus livros foram publicados. As obras sem edição em Língua Portuguesa preservam a sua originalidade, sendo mantidas no idioma de suas primeiras edições.

Leia também:  O Boticário convida mulheres a viverem exageradamente

A criação é da AlmapBBDO.

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.