racismo_starbucks_diversidade

Nesta semana, a maior rede de cafeterias do mundo, Starbucks, resolveu fechar todas as suas lojas e escritórios nos Estados Unidos para um dia de treinamento sobre racismo institucionalizado e diversidade. O motivo? Alguns dias antes dois clientes negros foram presos, após a polícia ser chamada por um dos atendentes. Os clientes, alega a polícia, não quiseram sair após o atendente pedir para saírem, já que pediram para ir ao banheiro sem consumir nada.

Dois potenciais clientes pedem para ir ao banheiro, recebem um sonoro “NO” como resposta e ainda são expulsos e presos em uma claríssima demonstração de racismo institucional e policial. Um problemão para uma marca que tem como um de seus valores “criar uma cultura de calor e pertencimento, onde todos são bem vindos.”

Leia também:  Uber se envolve em polêmica após caso de transfobia com Linn da Quebrada

Quer entender por que a Starbucks parece tão preocupada em resolver este problema, chegando a fechar todos os seus pontos de venda por um dia para treinamento? Por que as empresas se preocupam (ou deveriam) com a diversidade?

Se você está chegando agora, este post é parte de uma série sobre diversidade nas agências de comunicação:

  1. Entendendo o básico sobre diversidade!
  2. Representatividade x diversidade
  3. Inclusão e Sexismo Velado
  4. Cotas e Ações Afirmativas

Parte 5 –  Por que as empresas se preocupam com diversidade?

A consultoria Mckinsey&Co, em seu levantamento realizado em 2015, mostra o relacionamento entre performance e diversidade, além das possíveis razões pelas quais um fator está atrelado a outro:

  • “Diversidade e performance”: segundo o relatório, empresas mais diversas em termos de gênero tem um desempenho financeiro 15% melhor; já as mais diversas em termos étnicos performam 35% melhor. Por outro lado, empresas com pouca diversidade apresentam resultados 25% abaixo da média nacional.
  • “Por que companhias mais diversas performam melhor?”:
Gestão da diversidade ajuda a …Por que?
… ganhar a guerra por talentosUm forte foco nas minorias aumenta o banco de talentos e fazem com que eles queiram ficar. Em uma pesquisa de 2012, 40% das empresas disseram que a falta de mão de obra qualificada foi a principal razão para a sobra de vagas.
… fortalecer a empatia com o clienteMinorias são decisores importantes entre os consumidores: por exemplo, as mulheres fazem 80% das compras na Inglaterra.
Homens e mulheres homossexuais têm rendimentos domésticos médios que são quase 80% acima da média na Europa.
… aumentar a satisfação do trabalhadorA diversidade aumenta a satisfação dos funcionários e reduz os conflitos entre os grupos, melhorando a colaboração e a lealdade.
… melhorar a tomada de decisõesA diversidade promove a inovação e a criatividade através de uma maior variedade de abordagens, perspectivas e ideias de resolução de problemas. Pesquisas acadêmicas mostraram que os grupos mais diversos chegam em soluções mais eficientes para problemas do que grupos homogêneos.
… melhorar a imagem da companhiaA responsabilidade social está se tornando cada vez mais importante.
Muitos países têm requisitos legais para a diversidade.

O post de hoje foi bem complexo e provavelmente vai te deixar pensando bastante tempo sobre ele. Então reflita e se prepare para o próximo post, que vai explicar como criar ambientes mais diversos.

Leia também:  Pabllo Vittar cancela parceria com Victor Vicenzza após apoio a Bolsonaro

Gostou? Compartilha!

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.