Entre os dias 6 e 9 de julho aconteceu aqui na cidade de São Paulo a Anime Friends 2018. Esta foi a primeira vez que o Geek Publicitário cobriu o evento e a nossa primeira experiência não poderia ter sido melhor. Neste post vamos contar para vocês algumas das coisas mais legais que vimos por lá.

Show com o Ultraman

Eu não sou o maior fã do Ultraman, mas é absurdo o tanto que eu me surpreendi com o show dos personagens da saga na Anime Friends. Eles conseguiram integrar os personagens ao vivo com uma dublagem em português e alguns acontecimentos no telão que ficava ao fundo do palco criando uma experiência audiovisual sensacional.

O auditório ficou lotado de fãs dos heróis orientais, que terminaram a apresentação de cerca de meia hora ovacionados em pé pelo público que se sentiu dentro da série que já tem mais de 50 anos de idade. Eu não sei quando vamos ter a oportunidade de ver isso no Brasil de novo, mas se houver, eu juro que você não iria se arrepender.

A Anime Friends ainda separou outros shows, mas para quem ia como eu para cobrir todo o evento era impossível conseguir ingressos para todos eles. Nós até tentamos ver o show da Hatsune Miku por dois dias seguidos, mas era impossível. As filas eram gigantes e nem nossa credencial de imprensa permitiu registrar um pouquinho do que acontecia lá dentro do Auditório 2.

Leia também:  CCXP divulga credenciais da edição 2018

Trilhas sonoras ao vivo

Diversas bandas diferentes como  animaram o público e deram vida a algumas das trilhas que marcaram a nossa vida. As músicas-tema de diversos animes foram interpretadas ao vivo, levando o público a uma experiência muito interessante e possível apenas em eventos como a Anime Friends. Confesso que me senti com meus 14 anos de novo ao ouvir as músicas-tema de Dragon Ball.

Escola de Magia e Bruxaria

Dentro da Anime Friends foi montada uma escola de Magia e Bruxaria inspirada em Hogwarts. Lá era possível comprar diversos elementos de Harry Potter, como roupas típicas e varinhas, ter aulas inspiradas no universo da saga e até mesmo experimentar a famosa cerveja amanteigada (desde que você desembolsasse alguma grana para isso, claro).

Mas o que mais chamava a atenção mesmo era uma arena para que nós, meros trouxas pudéssemos jogar quadribol. Eu só fiquei mesmo olhando de longe, pois esporte não é comigo. Mas parecia bastante interessante. Destaque para o pomo dourado, que era interpretado por uma pessoa que tinha que ficar correndo pra lá e pra cá. A brincadeira divertiu o público dentro e fora da quadra.

Estandes e experiências

O Goku Super Sayajin chegou.

A post shared by Matheus Ferreira (@ferreiramatheus) on

Diversas marcas montaram estandes dentro da Anime Friends. Alguns dos destaques vão para a Panini, que tem investido pesado na cultura Otaku e preparou diversos desafios para o público que passava por lá. Em um dos momentos, a marca promoveu uma disputa onde quem conseguisse bater e virar mais figurinhas da Copa do Mundo 2018 levava um Kit com vários mangás e mais um álbum da copa com 500 figurinhas.

Leia também:  Riachuelo lança nova coleção inspirada em Harry Potter

Destaque também para a JBC que colocou um jogo de Boku No Hero em uma parte do seu espaço, fazendo uma fila enorme de pessoas interessadas no game que, só pelo que eu pude ver, ficou insano.

Além disso, diversas lojas levaram seus produtos para vender na Anime Friends. A minha melhor descoberta foi a Banana Frita, que licencia produtos da Capcom e tem diversas coisas insanas, como camisetas, almofadas, sandálias, canecas de personagens como Street Fighter e Resident Evil.

Arena K-Pop

Durante a Anime Friends rolou também um espaço para os amantes de K-Pop. A área tocava diversas músicas e reunia fãs das bandas mais conhecidas até algumas que eu sequer tinha ouvido falar.

Leia também:  Riachuelo lança coleção inspirada em La Casa de Papel

O público se divertiu bastante. Bastava chegar e dançar cada um do jeito que achava melhor. Um momento inesquecível foi registrado por nós durante o sábado. Os cosplays de um ranger azul e do Harry Potter superaram todas as performances vistas em uma dança pra lá de engraçada.

Artist’s Alley

Tradição nos eventos voltados ao público geek, o Artist’s Alley reuniu alguns artistas que aproveitaram o evento para se aproximarem do público. Em meio a diversos trabalhos interessantes, eu conheci o da Dani Franck, que faz mangás com temática de inclusão e diversidade. Um trabalho lindo.

Observações finais

Apesar de não conhecer as edições anteriores da Anime Friends, dá pra ver que o pessoal da Maru Division fez um trabalho bem interessante nesta edição. Depois de cobrir eventos como BGS e CCXP deu vontade de um espaço um pouquinho maior, com mais expositores, mas não tenho dúvida de que o trabalho realizado nesta edição abrirá portas pra um crescimento ainda mais significativo nos próximos anos. E nós certamente estaremos por perto para acompanhar tudo isso e levar sempre o melhor de tudo para vocês.

Veja este e outros destaques em nosso canal no YouTube:

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.