Sim, é isso mesmo que você leu! Acontece que lá fora, onde a cannabis é legalizada, bebidas contendo a erva nos ingredientes tem se tornado cada vez mais populares e, de acordo com a BNN Bloomberg, a Coca-Cola já está pensando em entrar nesse mercado.

Em busca do controle mundial no ramo de bebidas, a Coca-Cola se torna cada vez mais influente (até mesmo quando a gente acredita que isso não é mais possível) e já até mesmo comprou a principal marca de café do Reino Unido, a Costa Café. Sabemos que os produtos que contém muito açúcar estão sendo cada vez menos aceitos no mercado e esse se torna um dos grandes fatores para que a Coca esteja se desenvolvendo tanto nesses últimos tempos.

Leia também:  Pepsico se une a Danone e Nestlé para produção de garrafas ecológicas

Segundo a BNN Bloomberg, a Coca-Cola já entrou em contato com a Aurora Cannabis, que é uma produtora canadense de maconha, e pretende começar o desenvolvimento de bebidas à base de cannabis. “Assim como muitos outros na indústria de bebidas, estamos acompanhando de perto o crescimento do canabidiol não-psicoativo como ingrediente em bebidas funcionais de bem-estar em todo o mundo”, disse a Coca-Cola em um comunicado.

Se esse encontro realmente se realizar será sem dúvidas um grande passo no mercado de refrigerantes. Embora o canabidiol seja componente da maconha, ele é responsável por ajudar a aliviar inflamações, dores e cólicas, porém a bebida não deve possuir efeitos psicoativos.

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.

Conheça nosso canal no Youtube:

21 anos, cursando propaganda & marketing, brasileiro nato que adora fazer hang loose e não perde oportunidade de fazer piada