Com um investimento de R$ 100 milhões, a Coca-Cola Brasil decidiu unificar as embalagens retornáveis de seus refrigerantes. Isso deve facilitar tanto para a companhia, que poderá envasar qualquer garrafa para um novo produto, tanto para os consumidores, que poderão levar uma garrafa e optar por qualquer refrigerante retornável do portfólio da companhia.

Antes havia um modelo diferente para cada marca de refrigerante, com formato próprio e rótulo impresso de forma permanente. A tinta aplicada nas garrafas era prejudicial até mesmo para a reciclagem do produto. As novas garrafas trazem rótulos de papel que é aplicado e retirado pelo maquinário da companhia.

Embalagens retornáveis tinham poucas diferenças no formato, mas traziam rótulos impressos permanentemente.

A Coca-Cola Brasil aposta na ampliação da oferta de produtos retornáveis como parte de sua estratégia de crescimento consciente. “Hoje estamos com cerca de 20% do nosso volume comercializado composto por embalagens retornáveis, e a meta é chegar a 30% até 2020”, afirma Diogo Gioia, gerente de operações da Coca-Cola Brasil. “Com as embalagens retornáveis, oferecemos produtos com a mesma qualidade, por um preço mais acessível”, conclui.

Leia também:  Coca-Cola transparente é lançada no Japão

As novas garrafas já começaram a chegar ao mercado do Centro-Oeste. Em outubro estarão disponíveis em São Paulo e novembro no Nordeste. No Rio de Janeiro, as novas embalagens poderão ser encontradas a partir de dezembro. Em até dois anos, todas terão o mesmo padrão. Os refrigerantes disponíveis em embalagens retornáveis são: Coca-Cola, Coca-Cola Sem Açúcar, Fanta Uva, Fanta Laranja, Fanta Guaraná, Sprite e Guaraná Jesus.

A solução é pioneira entre os fabricantes de Coca-Cola no mundo todo e deve ser replicada em países como Argentina, Chile, Peru e Colômbia.

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real seguindo nosso perfil no Instagram.