Uma das maiores barreiras para qualquer jovem de classes mais pobres ingressarem em grandes empresas é a necessidade de ter o domínio de uma segunda língua (normalmente o inglês) aos 18/19 anos. Pensando nisso, o novo projeto “Next Step” do Google, que busca aumentar a representatividade negra na companhia, acaba de remover pela primeira vez na história a necessidade de fluência no inglês para a contratação de jovens negros.

De acordo com o próprio Google, estima-se que menos de 5% da população brasileira fale um segundo idioma e essa porcentagem é ainda menor entre jovens negros. Além de remover a exigência, a empresa vai oferecer um curso intensivo de inglês dentro do próprio escritório com uma rede composta por diversos grupos de Googlers, que darão mentoria aos jovens.

O programa vai selecionar 20 estagiários para o escritório do Google em São Paulo e terá 2 anos de duração. As áreas que eles irão atuar serão as mais diversas: vendas, marketing, recursos humanos, financeiro, entre outras.

As inscrições já estão abertas por meio da consultoria externa Empodera e vão até dia 22 de fevereiro de 2019. Entre as fases do processo seletivo, estão encontros presenciais e entrevistas com os times do Google. Podem se inscrever estudantes de graduação da Grande São Paulo, com formação prevista entre julho e dezembro de 2021.