Sabemos que o machismo foi (e ainda é em alguns casos) muito predominante no mercado publicitário e nas publicidades em si. A Budweiser analisou seus anúncios da década de 1950 e resolveu “consertar” eles para uma versão 2019, visando eliminar o machismo evidente que ali existia.

Os anúncios que mostravam o “american way of life” passaram por uma transformação feita pela Budweiser em parceria com a campanha #SeeHer, que luta pela representação adequada da mulher na publicidade. Os resultados são satisfatórios e mostram que para a fabricante de cerveja sempre há tempo para mudar.

Heather Landis, Nicole Evans e Dena Cooper foram as artistas responsáveis pela recriação dessa campanha onde a marca busca abordar temas contemporâneos e trazer seu nome para o presente, onde a concorrência tem se tornado cada vez mais pesada. Confira abaixo os cartazes com um antes e depois:

  • Anúncio de 1956
Leia também:  American IPA e Pale Ale da Eisenbahn ganham versões em lata

O primeiro anúncio de 1956, diz que a mulher se casou com “dois homens” pois o marido tinha um “eu interior” e que a maneira de agradá-lo era com uma Budweiser. A imagem mostra a mulher aguardando o homem chegar de viagem com uma grinalda.

O anúncio repaginado mostra a legenda “Ela descobriu que tem tudo”, para mostrar que as coisas não se resumem ao casamento. Na imagem suas amigas esperam por ela na mesa para beberem juntas.

  • Anúncio de 1958

Neste anúncio podemos ver uma diferença gritante nas alterações, no original de 1958 vemos um casal onde a mulher serve a cerveja e o homem segura um martelo para manter a postura do “homem da casa”.

Leia também:  Marcante no começo e suave no final. Assista o novo comercial de Budweiser

Na versão reinventada temos o mesmo casal sentado no chão bebendo juntos suas Budweiser e comendo uma pisa em meio a mudança. A frase se manteve igual, “Onde há vida… há Bud”.

  • Anúncio de 1962

Em 1962 o anúncio trazia um casal onde o marido aparentemente estava chegando do trabalho e com sua Budweiser na mão enquanto a mulher estava em casa preparando a comida. A chamada “Isso pede por uma Budweiser” relata a situação como o grande apetite que o marido chegava após um dia de trabalho.

Acompanhada de seu cachorro (que está doido pela comida), a mulher na nova versão vem independente com a chamada de “é sexta-feira, dia de beber uma Budweiser gelada e aproveitar um tempo para si”.

Leia também:  Cerveja Miller Lite transforma latinha em controle para promoção na E3

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real. Siga nosso perfil no Instagram.