É certo que com o passar do tempo o que temos como padrão de beleza costuma mudar com certa frequência, sendo que as vezes é uma mudança mais rápida, enquanto outras tendências costumam durar bastante tempo. O VIX, publisher que conta globalmente com mais de 80 milhões de seguidores nas redes sociais, mapeou o comportamento da nova geração a respeito de como eles enxergam o termo “beleza” na internet.

Para realização desta pesquisa, o VIX utilizou fontes variadas, que incluiu uma desk research, com dados do Google Trends, da Mintel e da Beauty WGSN, além de adquirir informações de softwares de audiência, como Tubular, CrowdTangle e ferramentas da própria plataforma, que incluem também enquetes no Facebook.

As tendências na internet costumam ser mais passageiras do que o normal, tudo é sempre muito rápido, e o VIX identificou que uma das tendências utilizadas é o immersive shoppable content, que desperta o interesse do consumidor e facilita o processo de compra. Dessa forma, o e-commerce tem evolução crescente através da realidade aumentada, permitindo o consumidor a obter mais experiências complexas com determinados produtos.

Leia também:  Natura compra Avon e se torna uma das maiores empresas de beleza do mundo

Foi notado que a geração Z tende a optar quase sempre pela aprendizagem online, devido a uma espécie de enclausuramento social, onde os usuários possuem cada vez menos preferência pelas interações pessoais.

O estudo apontou também uma grande transição na plataforma referente a conteúdos que falam sobre tratamentos artificiais, que decaíram, enquanto os termos sobe beleza natural tiveram uma crescente notável. Segundo Sergio Cisneros, diretor de brand strategy no VIX, “Percebemos isso claramente em nossas publicações nos diversos canais. Entre 2015 e 2019, a criação de conteúdo no VIX sobre ‘cirurgia plástica’, despencou. Outro exemplo é a busca pelo tema ‘alisamento capilar’ que praticamente desapareceu enquanto que “cabelo crespo” teve um crescimento de 87% na produção de conteúdo e um aumento de 80% na audiência dos conteúdos relacionados ao assunto”. Além disso, Sergio também destacou que a palavra “empoderamento” está sendo encontrada com mais frequência nos conteúdos.

Vale ressaltar que a exigência por legitimidade e autenticidade têm sido cada vez maior, o que faz com que o criador de conteúdo realmente viva e compreendam o que estão passando. Com uma nova linguagem onde o usuário passa a ser o protagonista do conteúdo, é possível observar uma maior diversidade de modelos, que agora passam a ser, além de mulheres brancas, negros, homens e trans.

Leia também:  SXSW 2019: A morte dos anúncios clicáveis

É interessante observar que diante a pesquisa foi possível identificar que, no VIX Glam, embora os vídeos de celebridades tenham mais visualizações, estes não são os mais compartilhados pelo público. Quem ganha destaque neste momento são os materiais com dicas de soluções caseiras e econômicas, onde os conteúdos de beleza partem da necessidade do usuário como resolver problemas com acne ou alergia, microtendências e também necessidades periódicas, como look para o Carnaval.

Enquete no Facebook

Foi realizada uma enquete no Facebook para observar como os consumidores de conteúdo se comportam mediante ao que é consumido e o resultado mostrou que 87% dos usuários do VIX Glam acompanham o canal para receber dicas do cotidiano; 50% dos entrevistados afirmaram utilizar exatamente os mesmos produtos indicados nos vídeos e 35% disse que executa as dicas que aprendem nos tutoriais.

Leia também:  Novo anúncio da Peugeot convida público a procurar respostas na estrada

“A produção de conteúdo do VIX é norteada por ferramentas de data driven, que detectam o que se fala sobre beleza, dentro e fora dos nossos canais. A pesquisa é mais uma ferramenta para nos auxiliar no processo de ser um gerador de conversa nesta grande praça pública que são as redes sociais, facilitando o papo entre marcas e consumidores” finaliza Sergio Cisneros.

O objetivo da pesquisa é oferecer à audiência do VIX Mulher e do VIX Glam, canal de beleza do publisher, conteúdos mais assertivos e realmente engajadores. Alcançando pelo menos 4 milhões de pessoas com o VIX Glam e 13 milhões com o VIX Mulher, o publisher conta com clientes como Cenoura & Bronze, Eudora, Francis, J&J, Head & Shoulders, Natura, Pantene e Quem Disse Berenice?, que são engajados através do conhecimento adquirido pelo VIX Works, laboratório de criação de conteúdo para marcas.

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real. Siga nosso perfil no Instagram.