Recentemente uma notícia abalou a estrutura dos viciados em likes nas redes sociais: o Instagram havia anunciado a retirada das curtidas nas fotos da plataforma, e assim foi feito, alguns perfis já foram atualizados e não estão mais conseguindo ver os likes nas publicações alheias (mas nas próprias publicações ainda é possível).

Segundo o próprio Instagram, essa medida visa ponderar e controlar a ansiedade que diversas pessoas têm com sua quantidade de curtidas, lutando contra problemas sociais que possam se desenvolvidos por conta da rede. A ideia é fazer com que as pessoas se envolvam mais com o conteúdo se elas se interessarem pela história contada e não pela quantidade de curtidas adquiridas.

A internet está com a opinião bastante dividida referente ao assunto, principalmente quando a pauta da conversa são criadores de conteúdo e “influenciadores”, alegando que o número de curtidas em uma publicação mostra um perfil engajado na rede e com grande potencial para marcas.

Entretanto, vale lembrar que as marcas (ao menos em grande maioria) costumam trabalhar com midia kit, pedindo a análise do perfil para o influenciador ou criador que pretende trabalhar e isso ainda pode ser feito com tranquilidade na plataforma, não causando problema para aqueles que realmente possuem um bom engajamento ainda que com uma “pequena” quantidade de seguidores.

O assunto se encontra atualmente no momento dessa publicação nos Trending Topics do Twitter com as palavras “Likes”, “E o Instagram”, e “Obrigado Instagram”, onde aparentemente a maioria das pessoas se mostra satisfeita com a nova atualização da plataforma em prol da saúde mental.

Publicidadeleobalbi-cabore