A Samsung lançou no último dia 7 de agosto o Galaxy Note 10, o mais novo dispositivo da sua linha Note. Ele segue uma tendência do mercado e é o primeiro grande dispositivo da marca a vir sem a entrada P2 para o fone de ouvido. A novidade poderia ter passado batido se não fosse o fato de a marca vir zombando da sua principal concorrente, a Apple, sobre a ausência do conector desde 2016, com o lançamento do iPhone 7.

Conforme notou o Business Insider, a companhia apagou todos os comerciais que se referiam ao assunto de seu canal principal no Youtube a tempo do lançamento do novo dispositivo, que agora também compartilha da mesma ausência de recurso que o iPhone e outros grandes players como Xiaomi e Huawei também já deixaram para trás.

Um dos principais anúncios, o Growing Up, de 2017 ainda pode ser assistido no canal da companhia para a Malásia. Assista:

A ausência do conector de fone de ouvido nos telefones mais novos é algo que deve se popularizar cada vez mais nos próximos anos devido ao espaço utilizado pela porta P2, sendo que a capacidade de reprodução ainda pode ser realizada por meio de Bluetooth ou mesmo de portas lightning ou USB tipo C por meio de fones com essas entradas ou adaptadores.

A Apple tem um longo histórico de aposentar entradas em seus dispositivos. Quando lançou o iPad muitas empresas reclamaram da ausência de entradas USB e cartões de memória. Quando lançaram iMacs sem entrada para DVD ou Blu-Ray, muitos foram contra. De início pode ser um bom diferencial competitivo, mas o mercado dificilmente volta atrás. E talvez explorar este diferencial competitivo possa até ser interessante no início, mas é melhor evitar vexames a longo prazo, como este da Samsung.

Com informações de Business Insider e TechTudo.

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real. Siga nosso perfil no Instagram.