Foto: Brainstorm9.

Recentemente a relação da Huawei com os Estados Unidos e alguns outros países se tornou bastante conturbada, o que acabou levando o sistema operacional Android a se “desconectar” da marca. Ao que tudo indica isso não afetou de maneira direta a marca e, como medida alternativa, a empresa apresentou durante a Huawei Developer Conference seu novo sistema operacional: o HarmonyOS, que foi descrito como mais rápido e mais seguro que o Android.

Quem introduziu o novo sistema foi o CEO da empresa, Richard Yu, que com uma apresentação bastante técnica explicou que por enquanto o software é voltado principalmente para os produtos de IoT (telas inteligentes, wearables, alto-falantes inteligentes e dispositivos para carros) e não pega a frente (ainda) em seus smartphones.

Leia também:  Apple anuncia fim do iTunes

A plataforma é de código aberto, semelhante ao Fuchsia, do Google, ambos baseados em microkernel e podem ser usados em vários tipos de dispositivos de uma vez só. Além disso, visando a segurança, não há acesso root disponível e o sistema também aplica a verificação formal (um conjunto de abordagens matemáticas usadas em campos críticos de segurança) para verificar irregularidades de forma confiável.

Segundo Yu, o novo sistema está em desenvolvimento desde 2017 e já está pronto para ser lançado a qualquer momento, mas deve funcionar em seus celulares a partir do momento em que a Huawei não puder mais acessar o ecossistema Android, sendo assim ainda não há uma data para o lançamento.

Leia também:  Apple anuncia fim do iTunes

Com amor, GKPB <3

Acompanhe novidades em tempo real. Siga nosso perfil no Instagram.