Recentemente o Twitter havia anunciado que as contas que passassem mais de 6 meses inativas na plataforma passariam a ser excluídas após o dia 11 de dezembro. A notícia causou alvoroço e as pessoas passaram a questionar as medidas até que a rede social decidiu voltar atrás.

Acontece que as pessoas levantaram uma questão muito interessante que a equipe do Twitter não havia pensado: as contas de pessoas que já morreram. Sendo assim, a plataforma decidiu não excluir as contas até que se crie uma forma das pessoas tornarem contas em memoriais.

Além disso, foi esclarecido por meio de uma thread no perfil oficial que a nova medida só será aplicada na União Europeia, para atender as novas leis gerais de proteção dos dados no território. Confira abaixo o comunicado:

Ao que tudo indica, a nova medida continuará sendo estudada para que possa ser aplicada em todo o mundo, mas será um pouco mais complicado do que eles imaginaram. Vale lembrar que a rede social ao lado, o Facebook, já trabalha com perfis de pessoas falecidas como um memorial de homenagem, cabe apenas esperar para ver quais serão as medidas que o Twitter irá tomar.

Leia também:  Mulher “engolida” por portão estrela campanha do Telecine