More

    Para você:

    Início Publicidade Marca Dona do meme "3 reaix" processa empresas por uso indevido de imagem

    Dona do meme “3 reaix” processa empresas por uso indevido de imagem

    Raquel Motta, dona do meme "3 reaix", decidiu procurar uma advogada que mapeou todas as marcas que fizeram utilização indevida da imagem. Os processos questionam R$ 8 milhões.

    Você certamente já ouviu o meme dos “3 reaix” em algum lugar da internet. Depois que um programa foi ao ar na rede Globo, a frase da artesã, Raquel Motta, viralizou na internet e muitas marcas para “entrarem na onda” reproduziram a cena, imagem ou a frase. Agora, 58 empresas estão sendo processadas pela artesã por uso indevido de imagem.

    Acompanhando os memes e assuntos mais comentados nas redes sociais, marcas como Burger King e Rappi decidiram criar a sua versão para o meme dos “3 reaix” e segundo o Jornal Extra, da Globo, usaram a imagem de Raquel sem autorização. Pelo menos outras 56 marcas fizeram o mesmo.

    - Continua depois do anúncio -

    Convidada pelo programa “É de Casa” da Rede Globo, Raquel Motta, ensinou como fazer uma carteira sustentável gastando pouco (apenas R$ 3). O episódio do programa foi parar no quadro “Isso a Globo Não Mostra”, do Fantástico e a conversa em que a artesã participava ganhou uma versão engraçada.

    A montagem feita pela produção no quadro do programa Fantástico, viralizou na internet e Raquel ficou ainda mais conhecida, multiplicando o seu número de seguidores (de 70 mil para 140 mil). Confira o vídeo:

    Depois do sucesso alcançado pela brincadeira feita pelo Fantástico, Raquel Motta começou a fazer “publiposts” e receber por eles. Em contrapartida, diversas marcas aproveitaram a exposição para criar algum tipo de conteúdo utilizando a imagem da artesã sem a devida autorização. Percebendo a movimentação, os seguidores de Raquel começaram a notificá-la.

    A partir disso, a dona do meme “3 reaix”, decidiu procurar uma advogada que mapeou todas as marcas que fizeram utilização indevida da imagem e até o momento, foram montados dois processos que envolvem 58 marcas. De drogaria até motel envolvidos, o processo tem valor questionado na Justiça de, aproximadamente, R$ 8 milhões. Entre as motivações para o processo estão os danos morais (devido ao desgaste da imagem da artesã) e danos materiais, pelo não fechamento de contratos com Raquel.

    A equipe do Geek Publicitário entrou em contato com a Rappi e o Burger King e ambas empresas afirmaram que não utilizaram a imagem sem autorização, a Rappi, inclusive, afirmou não ter feito a utilização. Em nota “O Burger King informa que não têm conhecimento do caso. E até o momento, não foi notificado para prestar qualquer tipo de esclarecimento. A rede reforça que não utilizou a imagem da pessoa citada de forma não autorizada.”

    A assessoria da Rappi apenas informou que “a comunicação do meme não foi feita pela Rappi”.

    Com amor, GKPB. <3

    Acompanhe novidades em tempo real. Siga nosso perfil no Instagram.

    Conheça nosso canal no Youtube:

    Geek Public... o quê?

    imagem-perfilMatheus Ferreira, 29, é o cara que cuida desse site que você já ouviu falar por aí.

    O Geek Publicitário é mais que um Blog de Publicidade. É um lugar para abordar tudo o que acontece de mais interessante no mercado da comunicação, da criatividade e do universo geek. Entre, tire os sapatos e sinta-se a vontade.

    + Saiba mais

    Conecte-se

    64,590FansLike
    74,531FollowersFollow
    14,300SubscribersSubscribe

    Newsletter

    Equipe

    Matheus Ferreira

    Editor-Chefe

    Tom Oliveira

    Repórter