Apple inaugura segunda loja no Brasil no MorumbiShopping, em São Paulo

Por: Colaboradores

Ontem (18/04) foi um dia especial para a Apple e para os fãs da marca que moram em São Paulo. Depois de pouco mais de um ano da primeira Apple Store ser inaugurada no Rio de Janeiro, foi a vez de São Paulo receber uma loja da empresa da maçã.

A Apple Store fica no MorumbiShopping e é considerada a maior da América Latina (só tem mais a do Rio para competir pelo status), com cerca de 80 funcionários e um espaço amplo para comportar os 169 pontos onde os consumidores podem testar os produtos da marca nas bancadas espalhadas pela loja.

apple-store-panorama-blog-geek-publicitario

Quando falamos de inauguração de Apple Store, já vem à mente centenas de pessoas acampando e fazendo fila para serem os primeiros a conhecer a nova loja. É sempre assim em qualquer parte do mundo e no Brasil não poderia ser diferente.

A Apple é uma das poucas empresas que consegue atrair centenas de pessoas para a inauguração sem fazer propaganda disso, apenas divulgar a data e o local de inauguração da loja. Os clientes mais fiéis à marca e mais dispostos comparecem e não se importam de esperar horas apenas para conhecer a loja, mesmo sem comprar nada – como é o caso do visitante nº 1, que aguardou 16h até a abertura da loja.

Leia também:  Personagens de Toy Story serão incluídos em novas watch faces do Apple Watch

O dia de inauguração de loja da maçã é dia de festa, uma comemoração cheia de rituais que todos querem participar e conta com extensa cobertura da mídia especializada. Uma festa organizada, que contou com segurança reforçada no shopping, além de lanches e água à vontade para quem aguardava a loja abrir. Eu cheguei às 7h30 e já haviam 454 pessoas na minha frente, o que fez com que eu conseguisse entrar na loja cerca de 50 minutos após a abertura oficial.

Antes da abertura, às 10h em ponto, todos os funcionários da loja fizeram uma “volta olímpica” na fila, cumprimentando as pessoas, dando “high fives”. Fazendo a maior festa para agitar o pessoal. E, claro, não podia faltar a contagem regressiva (com direito a gritos de “Morumbi” e “São Paulo”). Teve um “Feliz Ano Novo” ao final da contagem regressiva, mas esse a gente deixa pra lá, deve ter sido a força do hábito.

Leia também:  Apple lança comercial ilustrando como seria a vida sem aplicativos

gif-volta-apple-store-morumbi-lancamento-blog-geek-publicitario

Depois que o shopping foi aberto aos consumidores no horário habitual, estavam distribuindo em vários pontos de circulação maçãs para os visitantes e perguntando: “Aceita uma maçã? Inauguração da loja da Apple”. Para dar algo exclusivo aos primeiros visitantes, a Apple distribuiu 2.000 camisetas com a logo da marca e, ao lado, escrito “Morumbi” assim que as pessoas entravam na loja. Estas camisetas foram acabar somente no meio da tarde, quando a fila já estava bem menor e as pessoas não precisavam mais aguardar várias horas para entrar.

Falando sobre a loja, o interior é muito semelhante ao das que encontramos ao redor do mundo: o tradicional logo da maçã brilhante na entrada, fachada de vidro, balcões de madeira onde ficam expostos os produtos, painéis iluminados e espaço dedicado ao Genius Bar, um atendimento diferenciado aos clientes para suporte e reparos (com agendamento, diferencial que as Apple Premium Resellers não oferecem). Um ambiente repleto de produtos Apple e acessórios para todos os gostos e (nem todos) bolsos.

Leia também:  Netflix aproveita "animojis", da Apple, para promover Black Mirror

Quem estava na esperança de ver o mais novo produto da empresa, o Apple Watch, se decepcionou. Isso porque, apesar do haver um painel enorme com vários relógios, ele ainda sequer foi homologado no Brasil e, portanto, não pode ser comercializado. Também não foi divulgada nenhuma previsão de lançamento por aqui.

apple-watch-paineis-apple-store-blog-geek-publicitario

Alguns poucos sortudos relataram que viram um funcionário da Apple com o famoso smartwatch e conseguiram mexer nele. Mas isso foi nos primeiros minutos depois da loja ter sido aberta, depois o dono do relógio aparentemente sumiu.

Com relação aos preços, não há descontos na loja física. São os mesmos praticados na loja on-line, são aceitos todos os cartões de crédito e débito e o consumidor pode parcelar no crédito em até 12 vezes. Quem sabe desse jeito os valores altíssimos dos produtos não fiquem mais aceitáveis, né?

Você compareceu à inauguração da segunda Apple Store do Brasil? Deixe seu comentário falando o que achou da nova loja.

Por Renato Garcia.

Com amor, GKPB. <3

Comentários