Google também entra na onda e adere aos “snaps”

Por: Igor Caetano

Não é nenhuma novidade que os stories começaram no Snapchatt e hoje já estão no Instagram. E no Facebook. E no Whatsapp. Agora é a vez de uma rede não pertencente a Mark Zuckerberg copiar essa função. É isso mesmo, o Google também entra na onda e adere os stories.

Bem, de acordo com uma pesquisa feita pela Cisco: até 2020, 82% de todo o tráfego na internet será gerado por vídeos. Visto o exponencial crescimento populacional mundial e a crescente qualidade dos vídeos, é inegável dizer que os vídeos são o futuro. E o Google mais do que ninguém sabe muito bem disso, a marca fez até um estudo sobre os consumidores de vídeo.

Nesse exato momento, o Google está desenvolvendo uma tecnologia que permite que as pessoas criem conteúdos audiovisuais com um modelo parecido com o do “Discover” do Snapchat. De acordo com o Wall Street Journal, o nome da nova plataforma será Stamp.

A marca está em reuniões com grandes canais de mídia como: Mic, The Washington Post, Time Inc, Vox Media e CNN para fazerem parte do projeto. O buscador do Google hoje é o mais utilizado para encontrar qualquer tipo de conteúdo, aliado ao AMP, que é o acelerador de páginas do Google, existem motivos para acreditar que o Stamp não será só mais uma nova e batida versão dos stories.

A novidade chega logo após uma notícia ser amplamente divulgada pelos veículos de que o Google teria oferecido 30 bilhões de dólares pelo Snapchat e, assim como o Facebook, não houve êxito. Aparentemente alguém no Snapchat está muito determinado a levar a rede para frente sem a ajuda de nenhum gigante da tecnologia.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Rick e Morty trazem molho esquecido do McDonald’s de volta a vida

Por: Igor Caetano

Criado por Dan Harmon e Justil RoilandRick e Morty é um dos desenhos mais assistidos hoje em dia. Apesar de ser um cartoon, ele é definitivamente voltado para adultos e tem uma temática carregada de humor e as vezes é até um pouco forte.  Rick Sanchez é um cientista maluco mentalmente perturbado que ganhou o mundo com as aventuras mirabolantes que ele tem com o seu neto Morty.

O que a McDonald’s tem a ver com isso? Em 1998, a marca lançou o molho Szechuan de nuggets para o lançamento do filme Mulan. O produto limitado só foi produzido nesse ano e depois acabou caindo no esquecimento.

19 anos depois, no primeiro episódio da terceira temporada de Rick e Morty, Rick diz que o grande objetivo da vida dele é conseguir comer novamente um sachê do molho Szechuan.

O condimento viralizou na internet de uma forma que houveram não só petições para a volta do tempero mas também um leilão público no Ebay em que foi registrada a venda de um pacote do molho de 20 anos por um preço superior a 14,5 mil dólares.

A marca já conhecida por suas ações de marketing, não deixou a oportunidade passar. Decidiu surpreender Justin Roiland (fundador e voz dos personagens Rick e Morty), com uma  mala laranja que continha uma garrafa do condimento e com ela uma carta da McDonald’s contando como foi o resgate do molho:

“Vamos te poupar da física, mas ao que parece a dimensão C-1998M é um lugar onde é sempre 1998. 1998 todos os dias. Sem smartphones, sem redes sociais. É um lugar estranho e assustador. Mas eles têm molho Szechuan no menu regular.”

Michael Haracz, um dos principais chefs das cozinhas da marca, anunciou que vai existir a possibilidade de alguns fãs provarem o tão falado molho Szechuan. Ou seja, o que não faltam são especulações para uma produção do condimento por tempo limitado.

Esse episódio, chamado de “Lost in the sauce”, foi o primeiro da terceira temporada e pegou todos os fãs de surpresa pois estreou no primeiro de abril, o “dia da mentira”.

As duas primeiras temporadas de Rick e Morty estão na Netflix.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Vigor se reposiciona com campanha “É gostoso descobrir”

Por: Igor Caetano

Após anos apostando em uma comunicação que enaltecia os benefícios e características do produto, a Vigor decide seguir outro rumo. Em sua mais nova campanha chamada “É gostoso descobrir”, a marca aposta em uma temática mais emocional com o objetivo de sensibilizar o público.

O filme traz como trilha sonora uma música inédita interpretada por Bruno Boncini, ex-vocalista da Banda Malta. A canção foi inspirada na essência da marca que é levar os consumidores a descobrir novos sabores e sensações, como indica o refrão: “É gostoso descobrir, buscar, provar, sentir”.

Confira a nova campanha institucional da Vigor:

O filme foi produzido pela agência Fischer e traz momentos emocionantes que convidam o público a se abrir a novas sensações. Segundo a diretora de Marketing da Vigor, Anne Napoli:

“Estamos preparados para ser protagonistas no mercado brasileiro de alimentos. Queremos mostrar que existe um produto Vigor para cada ocasião de consumo. É esse mix de sensações que vamos reforçar. Acreditamos que haverá uma rápida identificação do consumidor”

Além disso, a agência Ginga que é responsável pelo marketing digital e pelas mídias sociais da empresa, produziu um vídeo making of da campanha tendo como protagonista Hugo Gloss. O influenciador tem forte presença nas redes sociais e hoje é um dos nomes mais fortes na internet nacional.

Confira o making of:

A campanha está sendo amplamente divulgada em diversos formatos, incluindo as plataformas voltadas para à música, como o Spotfy e Vevo. Também está presente em todas as redes sociais como Facebook e Instagram além de cobrir alguns anúncios de rádio, mídia impressa e TV aberta.

Essa campanha faz parte do reposicionamento da marca. Em março de 2017, a Vigor completou 100 anos e anunciou um investimento de 20 milhões de reais para mudanças na marca. Essa mudança, segundo a empresa, é pautada em quatro pilares principais: novo posicionamento, novo logotipo, novas embalagens e nova comunicação.

A empresa já alterou sua logo e adotou uma identidade visual mais jovem, contemporânea e clean. Sua assinatura também foi alterada para: “Vigor. Descubra esse Sabor”.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Raça negra protagoniza nova campanha da Itaipava

Por: Igor Caetano

No último sábado, 22 de julho, a Itaipava lançou uma linha de garrafas retornáveis para estimular o consumo ecológico. Para protagonizar essa ação foi escolhido o icônico grupo de pagode Raça Negra.

A campanha usa como trilha sonora a música “É tarde demais” que foi um grande sucesso na década de 90 e um roteiro apostando no humor. Quando alguma personagem joga alguma garrafa no lixo ao invés de reutilizar aparece o grupo cantando “Você jogou fora o amor que eu te dei, o sonho que sonhei…”

Confira o novo filme da Itaipava estrelando Raça Negra:

A campanha foi amplamente divulgada tanto em canais digitais como em televisão aberta. Na TV aberta, a marca optou por escolher a famigerada e já conhecida personagem Verão, interpretada pela Alines Riscado. Os filmes veiculados na televisão tem os títulos “Vai e Vem” e “Sequência”.

No digital foram lançados dois filmes além de outros formatos de conteúdo como: Boomerang, Bumper Ads no YouTube, GIF e posts para gerar engajamento.

A campanha foi uma parceria com a agência Y&R e teve como objetivo atingir os consumidores conscientes que acreditam no futuro das garrafas retornáveis como tendência de consumo. Segundo Eliana Cassandre, gerente de propaganda da Itaipava:

“Temos um consumidor mais consciente e por isso acreditamos que as retornáveis vão voltar a ganhar espaço no mercado. Com a campanha Retornáveis, apostamos no bom humor para provocar essa tendência no comportamento do público”.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Jose Cuervo lança bebedouros de tequila em Los Angeles

Por: Igor Caetano

Na última segunda-feira, 24 de julho, foi comemorado o National Tequila. E sabendo do calor que os pedestres sofrem no verão americano, a Jose Cuervo resolveu optar por uma maneira nem tão convencional de refresca-los. A marca instalou bebedouros que ao invés de H2O serviam tequila em lugares específicos de Los Angeles.

Para beber nas fontes chamadas de “H2Cuervo” era necessário ser maior de idade e respeitar a fila que durava cerca de 15 minutos. Os participantes tinham a opção de beber em pé ou em um copo.

Os bebedouros foram colocados em três pontos da cidade: no bar The Abbey, no Pier da praia de Venice e no shopping center Hollywood & Highland. Apesar da tradição do sal e limão não ter sido inclusa, as fontes foram um verdadeiro sucesso. Segundo um rapaz americano em uma matéria no Hollywood Reporter:

“Eu estava apenas pegando algo antes de ir para o trabalho até que vi o nome “Tequila” e tive que parar! Inclusive acho até melhor bochechar um enxaguante bucal antes de ir para o escritório”

A marca se preocupou em deixar uma equipe responsável para fiscalizar os participantes e operar os bebedouros. Cada pessoa só podia consumir no máximo o equivalente a meia dose.

Apesar dos esforços da empresa para manter tudo organizado, ocorreram alguns imprevistos. Segundo a imprensa norte-americana alguns dos participantes chegaram a se machucar por acidentes como a bebida caindo nos olhos.

A ideia de trocar a água pela adorada bebida mexicana foi uma parceria com a agência publicitária CP+B. Essa ação fez parte do novo posicionamento da Jose Cuervo que tem o mote “Tomorrow is Overated” (O manhã é superestimado). Segundo a marca:

“Enquanto outras marcas de tequila focam no refinamento e na conformidade, a Jose Cuervo engoraja todos a lutarem contra o que é chato, viver com tudo e abraçar o agora – porque o amanhã é superestimado”

Confira abaixo o filme manifesto de reposicionamento da Jose Cuervo:

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Food Truck vende comida “envenenada” em NY em ação da EAT

Por: Igor Caetano

A cultura dos Food Trucks está se espalhando pelo mundo rapidamente e cada vez mais por conveniência e praticidade as pessoas estão consumindo sem pensar duas vezes. Um problema nisso é a falta de consciência que algumas pessoas tem sobre o que podem ingerir ou não.

Pensando nisso, a associação End Allergies Together (EAT) e a agência americana BBDO NY decidiram criar o “Khil Mi”, um Food Truck comandado pelo renomado chef americano Ming Tsai que serve pratos com  “toxinas paralisantes que fazem sua garganta fechar na hora”.

O Food truck que vende comida envenenada estacionou no Square Garden, New York e tinha como propósito conscientizar as pessoas sobre o que elas estão comendo e também fazer com que as elas passassem pela experiência que pessoas alérgicas passam quando estão escolhendo o que comer.

Quando os pedestres perguntavam ao Chef qual os ingredientes dos pratos, a reação de choque era unânime. Um deles inclusive perguntou “Nenhum cliente morreu?”. “Nesta semana não,” respondeu o cozinheiro.

Em 2016, Oakley Debbs, um garoto de 11 anos faleceu por alergia depois de comer uma noz. Apesar da noz ser um alimento muito comum e rico em nutrientes, pode provocar uma morte por reação alérgica. Infelizmente, isso que ocorreu com Oakley é algo mais comum do que parece.

Cerca de 220 milhões de pessoas no mundo são alérgicas e muitos restaurantes não especificam todos os ingredientes de cada alimento, essa falta de cuidado pode acabar sendo muito nociva para alguém. Os alimentos alérgicos mais comuns são: frutos do mar, peixes, trigo, ovos, leite, amendoim e nozes.

Para conscientizar pessoas sobre alergias, a associação End Allergies Together e a BBDO NY criam o "Khil Mi", um Food truck que vende comida envenenada.

O Food truck que vende comida envenenada, foi uma ação que fez parte da campanha da EAT que tem como objetivo a arrecadação de dinheiro para o investimento em diversas pesquisas de tratamento de alergias alimentares.

A associação foi criada em 2015 por famílias afetadas por alimentos alérgicos e estima que isso ocorre com pelo menos 1 criança em 12. Hoje o maior objetivo da EAT é acelerar o tratamento e a cura de alergias alimentícias.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Apple lança comercial carnavalesco gravado inteiramente com o iPhone 7 plus

Por: Igor Caetano

O carnaval é uma época marcante para a maior parte dos brasileiros. O clima por todo país é de festa e celebração e pegando essa onda, a Apple decide continuar a campanha  “Shot on iPhone” e lança comercial carnavalesco gravado inteiramente com o iPhone 7 plus.

A Apple divulgou essa semana em seu canal Brasileiro o filme Meu Bloco na Rua. O clipe conta com a colaboração do grupo BaianaSystem e a Yzalú, uma rapper paulistana. No comercial eles criam uma releitura da canção de Sergio Sampaio.

O vídeo é composto por 500 imagens em movimento com bastante nitidez e fundo bem desfocado, similar a câmeras profissionais. É a primeira vez que a Apple produz um vídeo especialmente para o Brasil.

O comercial foi dirigido pelo músico Gabriel Nóbrega e utilizou mais de 1000 imagens capturas através do recurso Modo Retrato. O Modo funciona apenas para o iPhone 7 Plus e está disponível desde a versão 10.1 do iOS.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Abstract: Netflix lançará série documental sobre Design

Por: Igor Caetano

Dia 10 de fevereiro de 2017, Abstract – The art of design terá sua estréia. Ela é uma série documental sobre Design realizada pela Netflix, dirigida por Morgan Neville e produzida por Scott Dadich, editor da famosa revista americana Wired, referência em conteúdo sobre design, tecnologia e cultura.

A série tem como objetivo apresentar aos telespectadores os processos criativos do design moderno. Ela contará a história de 8 designers contemporâneos que são referência no mundo.

Segundo uma publicação do Casacor, os personagens escolhidos foram:

Foram escolhidos: Paula Scher, designer gráfica e primeira mulher a integrar o time do estúdio Pentagram; Christoph Niemann, ilustrador alemão com artes nos principais jornais e revistas do mundo; Platon, fotógrafo britânico conhecido por suas fotos de presidentes e outras celebridades; Tinker Hatfield, designer de tênis da Nike; Ralph Gilles, chefe de design da gigante Fiat Chrysler Automobiles.

Bjarke Ingels, arquiteto dinamarquês que comanda o renomado escritório BIG; Ilse Crawford, designer de interiores que ganhou o prêmio de Designer de 2016 pela Maison&Objet Paris; e Es Devlin, cenógrafa britânica que projetou a cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos em Londres.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Maniac: nova série da Netflix será estrelada por Emma Stone e Jonah Hill

Por: Igor Caetano

Cary Fukunaga, o mesmo diretor da brilhante primeira temporada de True Detective, tomará as rédeas da nova série da Netflix estrelada por Emma Stone e Jonah Hill. Chamada de Maniac, a série é baseada numa obra norueguesa com o mesmo nome que teve onze capítulos e duas temporadas.

Maniac é descrita como uma série de humor negro que conta a história de dois pacientes que estão internados em uma clínica psiquiátrica e que precisam usar a imaginação para conseguir passar pelas crueldades da instituição.

Na série original, o personagem que será interpretado por Hill é um homem com idade por volta dos trinta anos, que leva uma vida boa em que tudo dá certo e que é o herói do seu próprio mundo. Entretanto, isso é apenas em sua imaginação. Na vida real, ele é apenas um paciente da clínica.

Pôster da série norueguesa original.

Maniac será coproduzida pela Paramount TV e segundo o ScreenCrush, a Netflix já acordou a produção de duas temporadas. As filmagens começarão em 15 de agosto de 2017 em Nova York. A primeira etapa das gravações deverá terminar até o fim de novembro mas provavelmente a série só terá sua estréia em 2018.

A primeira temporada terá 10 episódios e apesar de serem todos dirigidos por Fukunaga, o roteiro ficou por conta de Patrick Somerville, escritor de obras como: The Leftovers, Trouble & the Shadowy Deathblow e The Bridge.

Além de atores, Emma Stone e Jonah Hill serão produtores executivos da série junto à Michael Sugar e Doug Wald. Essa será a primeira série da Netflix em que os dois protagonistas principais serão interpretados por atores já indicados ao Oscar.

Emma Stone e Jonah Hill

Em 2016, Emma recebeu um grande olhar da indústria cinematográfica por causa de seu excelente desempenho no filme La La Land. Stone já tinha sido indicada ao Oscar como melhor atriz coadjuvante por Birdman, este ano ela recebe a indicação de melhor atriz principal não só ao Oscar mas também ao prêmio Bafta.

Hill além de ator é produtor e roteirista, é bastante conhecido por seus papéis em Superbad, Knocked Up, Funny People, Get Him to the Greek, Moneyball e 21 Jump Street. Em 2014 foi indicado pelo Oscar como melhor ator coadjuvante pela sua interpretação em O Lobo de Wallstreet.

Tanto Emma quanto Jonah já realizaram excelentes performances em papéis de comédias dramáticas. Tudo indica que eles serão perfeitos escolhidos para dar vida aos personagens da série.

Com amor, GKPB. <3

Comentários

Comercial da Budweiser para Super Bowl sai da curva e enaltece a trajetória de um imigrante

Por: Igor Caetano

O governo de Donald Trump, atual presidente dos Estados Unidos, é um assunto polêmico e que gera muita discussão. Recentemente algumas marcas começaram aos poucos a se manifestar através de diversos anúncios seus posicionamentos a respeito do rumo que o presidente está tomando. Um deles foi o comercial da Budweiser para o Super Bowl, que sai da curva e enaltece a trajetória de um imigrante.

O filme “Born The Hard Way” foi produzido pela agência Anomaly e conta a história de Adolphus Busch, ninguém mais nem ninguém menos do que o fundador da empresa. Ele foi um alemão que em 1957 começou sua jornada atrás da terra prometida.

Apesar da marca ter declarado publicamente que o comercial não tem a finalidade de levantar nenhuma bandeira política, os símbolos xenofóbicos trazidos nele são inegáveis. Segundo Ricardo Marques, vice-presidente de marketing da companhia

Essa publicidade não tem nenhuma correlação com qualquer outra coisa que esteja acontecendo no país. Nós acreditamos que essa é uma história universal que é muito relevante atualmente porque provavelmente, mais do que em qualquer outro período da história, o mundo hoje te puxa em diferentes direções, e nunca foi tão difícil permanecer fiel aos seus princípios.

Este ano provavelmente a marca provavelmente enfrentará algumas controvérsias e críticas pelo comercial. Mas apesar disso, eu acredito que seja positiva essa mudança de estratégia da Budweiser. A marca parece ter decidido apostar em um conteúdo mais relevante para veicular no Superbowl ao invés dos filmes emotivos e clichês, como o “Clydesdale Puppy Love” de 2014.

Com amor, GKPB. <3

Comentários